Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Falta de treinamento e desenvolvimento: Veja as consequências

falta de treinamento e desenvolvimento pode ser um caminho muito perigoso para qualquer equipe e corporação. Por isso, resolvemos unir as principais consequências deste problema neste artigo. Acompanhe para saber mais e prepare-se para treinar e desenvolver o seu time!

Consequências da falta de treinamento e desenvolvimento

Muitas pessoas, infelizmente, ainda podem ver o investimento (de dinheiro mesmo) em um treinamento ou desenvolvimento como um “gasto”. Mas, na realidade, não é bem assim.

Muito pelo contrário! Investir no treinamento dos seus colaboradores é aumentar a redução de custos e viabilizar um faturamento mais positivo e interessante.

Porém, pode ser que você ainda tenha dúvidas se isso é realmente verdade. E, por isso, apontamos a seguir algumas das consequências da falta de treinamento e desenvolvimento:

1. Equipe desconectada

Quando a equipe não recebe o treinamento adequado para atuar de maneira coerente, consequentemente ela tende a ficar desconectada entre si.

Isso quer dizer que os colaboradores não conseguem estabelecer uma boa harmonia dentro do grupo, ocasionando falhas na comunicação e até mesmo conflitos interpessoais.

Com o treinamento, isso pode ser evitado. Afinal, torna-se possível delegar funções de forma consistente, fazendo com que todos se alinhem de uma maneira conectada e eficaz.

2. Necessidade de retrabalho

A falta de treinamento e desenvolvimento também pode ser a mola propulsora da necessidade de retrabalho.

Isso acontece devido ao fato de que o time, simplesmente, não sabe como executar um trabalho específico da melhor forma. Assim, precisam partir do pressuposto de tentativa e erro.

Como consequência, podem optar sempre por caminhos mais difíceis (sem querer, claro), ocasionando erros e a necessidade de retrabalho – que gera mais custos para a empresa e sobrecarga para a equipe.

3. Insatisfação dos colaboradores

Quando os colaboradores percebem a falta de treinamento e desenvolvimento, eles se sentem desamparados, sem perspectivas e “deixados de lado”.

Isso pode fazer com que a insatisfação apareça no ambiente de trabalho. E, por fim, a desmotivação também pode marcar presença.

4. Produtividade baixa

A falta de treinamento e desenvolvimento também é a causadora da baixa produtividade. Afinal, como que um indivíduo pode ser altamente produtivo se, na prática, ele sequer sabe como executar uma tarefa da melhor maneira? Pois é!

Com o investimento em um bom treinamento ele poderá desenvolver habilidades que o auxiliem com sua produtividade. E isso, obviamente, gerará bons resultados para a empresa, além de incentivar e motivar o colaborador.

5. Alta rotatividade

A alta rotatividade também é uma triste consequência.

Ao longo deste texto, vimos que a produtividade baixa, os problemas de conexão entre a equipe, a sobrecarga de trabalho e a insatisfação são consequências da falta de treinamento e desenvolvimento, certo?

Pois bem. Tudo isso que citamos pode ser um caminho para a alta rotatividade. Afinal, quem gostaria de permanecer em uma empresa onde sempre precisa retrabalhar e gastar energia física e mental por falta de treinamento? Pense sobre isso!

E, a partir das suas reflexões, veja os investimentos em treinamento e desenvolvimento como algo grandioso – não como um gasto a mais. 😉

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.