Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Elabore uma poupança organicamente e considere suas metas pessoais

Elabore uma poupança organicamente e considere suas metas pessoais dentro de um plano de finanças. Veja dicas relevantes!

É muito importante que uma poupança seja elaborada desde os primeiros anos de vida de todas as pessoas. No entanto, poupar dinheiro não é um hábito do cidadão brasileiro de forma geral.

Elabore uma poupança organicamente

Por isso, dificilmente as crianças recebem uma educação financeira. Todavia, se você não tiver recebido nenhum tipo de orientação para que possa lidar com as suas finanças, é importante que você saiba que pode elaborar uma poupança a partir do momento atual, ainda que a sua situação financeira esteja negativa.

Poupança e as suas metas pessoais 

O planejamento financeiro deve ser feito considerando suas metas pessoais, ou ainda, você pode direcionar o planejamento financeiro para sua família, considerando a renda de todos os membros.

O mais importante é que você faça algum tipo de planejamento, ainda que suas finanças estejam negativas. Isso porque muitas pessoas que se encontram em situação de inadimplência, relatam que postergaram a possibilidade de planejar suas finanças, exatamente porque o orçamento está sempre apertado.

Todavia, é exatamente por essa razão que você deve direcionar seu dinheiro de forma planejada. Para isso, você pode verificar em sua rotina ações que possam gerar economia doméstica, de maneira que você direcione os valores para uma poupança.

Faça trocas relevantes

Além disso, também podem ser realizadas trocas financeiramente inteligentes. Por exemplo, você pode trocar uma conta bancária tradicional por uma conta digital.

Da mesma forma, você pode realizar essa troca no que diz respeito ao cartão de crédito, já que o mercado oferece diversas opções sem anuidade. Assim sendo, você deve direcionar os valores economizados para a sua poupança, ainda que você pense que os valores são muito baixos e que não faria diferença você poupar essa economia.

A diferença pode até não ser em relação ao valor, em um primeiro momento. Porém, você estará criando um hábito que poderá modificar a sua relação com o dinheiro, considerando um longo prazo. 

Direcione todos os valores economizados

Por isso, quanto mais você guardar dinheiro na poupança, ainda que sejam valores baixos, mais habituado você estará a fazer isso. Dessa forma, conforme as suas finanças melhorarem, você irá guardar dinheiro de uma maneira orgânica. Isso fará diferença com a sua relação com o seu dinheiro, considerando seus objetivos pessoais.

Dica para os endividados

Ademais, caso você esteja em uma situação de inadimplência, durante esse mês de novembro estará ocorrendo um mutirão focado em negociações para situações de inadimplências, realizado pela união entre o Banco Central do Brasil e a Febraban.

Sendo assim, pode ser interessante que você verifique as ofertas que estão sendo disponibilizadas. Visto que o evento promete descontos reais de até 90% do valor da sua dívida.

Entretanto, insira as parcelas dessa negociação dentro do seu planejamento financeiro e direcione sua poupança de maneira habitual, até que você possa direcionar valores fixos para essa finalidade. Por fim, sugerimos que você conheça uma metodologia simples e eficaz: a metodologia do pote.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.