Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Dell Technologies apresenta conceito de PC sustentável

Luna tem como foco um conjunto de possíveis ações para reduzir drasticamente as emissões de carbono na produção, além de facilitar a reutilização, o reparo e recriação dos produtos

A Dell Technologies, líder no mercado brasileiro de computadores, apresentou um novo conceito de design sustentável de PC. Chamado de Luna, o projeto inclui um conjunto de ações no layout e na produção dos equipamentos para reduzir a emissão de carbono no meio ambiente e facilitar a reutilização, o reparo e a recriação dos aparelhos.

A empresa explica que o Luna foi criado como um conceito para implantação de boas práticas a serem avaliadas para aplicação no portfólio da empresa em um futuro breve. A Dell já estima que, com a aplicação dos conceitos, pode-se esperar uma redução estimada de 50% na emissão de carbono geral derivada dos produtos.

LEIA MAIS: Samsung anuncia que vai inserir mais materiais reciclados em todos os seus smartphones

O conceito Luna foi desenvolvido em parceria com a Intel e faz parte de um conjunto de iniciativas da empresa que representam o compromisso em acelerar a economia circular e o objetivo ambicioso de zerar a emissão de gases de efeito estufa. A Dell prevê a redefinição completa do layout dos componentes e um conjunto de práticas para levar a reutilização ao limite e diminuir drasticamente o impacto da sua produção no meio ambiente através de um PC mais sustentável.

O que muda nos computadores? 

Um exemplo de mudança no layout interno que o novo conceito traz é a realocação da placa-mãe para a tampa superior e a redução no seu tamanho, colocando-a mais perto de uma superfície com maior exposição ao ar frio. Este deslocamento, combinado à separação do carregador de bateria na base, leva a uma melhor distribuição do calor e pode eliminar totalmente a necessidade de um ventilador (cooler). Essas inovações podem reduzir significativamente as necessidades gerais de energia, abrindo caminho para baterias menores e mais potentes. 

Atualmente, as placas-mãe são um dos componentes com maior consumo de energia a ser fabricado. Reduzindo sua área total em aproximadamente 75% (agora menor que 5,5 mm²) e a contagem de componentes em aproximadamente 20%, a Dell estima que a emissão de carbono causada pelas placa-mãe pode ser reduzida em até 50%. 

Além disso, as peças do teclado foram realocadas para estarem mais separadas do outros componentes e simplificar a reciclagem, além da bateria com tecnologia de ponta que garante longas cargas e pode ser mantida por muitos anos de uso, aumentando a reutilização além da primeira vida útil do produto. Na parte de fora, o conjunto de apoio para as mãos foi reprojetado intencionalmente para facilitar o reparo e o reuso. 

Maior vida útil 

A Dell ainda diz que o Luna apresentará diversas mudanças que aumentam a vida útil dos aparelhos e facilitam a reutilização e o reparo. Com uma redução de 10 vezes no número de parafusos – são necessários apenas quatro para acessar os componentes – há também uma redução considerável no tempo gasto para reparos (todo o processo de desmontar, arrumar e remontar) em aproximadamente uma hora e meia.

LEIA MAIS: Acer expande linha de periféricos e notebooks ecológicos Vero

A empresa explica que o Luna é o exemplo de como a empresa está empenhada em explorar novos caminhos para acelerar drasticamente o progresso em relação aos seus objetivos sustentáveis, como o de zerar a emissão de carbono. O novo conceito é apenas o primeiro passo, o próximo será pegar essas ideias inovadoras de design sustentável e avaliar quais têm o maior potencial de escala em seu portfólio de produtos e permitir criar um PC sustentável. 

Outra ação proposta pelo conceito Luna é uma nova base biológica nas placas PCB, feita com fibra de linho na base e polímero solúvel em água, como cola para fixar os componentes. Esta mudança substituiria os tradicionais laminados de plástico usados nesse processo pelo polímero, que pode ser dissolvido em água, o que significa facilitar o processo de reciclagem, pois os profissionais poderão separar metais e peças das placas de forma mais simples.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.