Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (8 votes)

Congresso prorroga MP que amplia empréstimo consignado do INSS

Segundo as informações oficiais, Congresso Nacional decidiu prorrogar a MP que amplia o consignado do INSS por mais dois meses

Está oficialmente prorrogada a Medida Provisória (MP) que amplia a margem de crédito consignado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A princípio, o Congresso tomou a decisão ainda na noite desta última sexta-feira (13). Segundo as informações oficiais, a prorrogação é válida por mais 60 dias, ou seja, dois meses.

Com a decisão, segue valendo a lógica de que o cidadão que faz parte do INSS pode comprometer até 40% do seu benefício com o empréstimo consignado. A regra anterior previa que os indivíduos poderiam comprometer apenas 35%. As alterações já valiam desde a pandemia, mas agora ganharam uma prorrogação.

Antes de mais nada, independente da decisão do Congresso Nacional, o fato é que os bancos do país já operam os empréstimos consignados com margem de 40% de comprometimento desde o dia 17 de março deste ano. Esta foi a data em que o Governo federal lançou a MP com uma série de medidas para o aumento da margem consignada.

Na ocasião, o Governo Federal anunciou duas medidas. A primeira delas foi a do aumento da margem de comprometimento. A segunda foi o início da possibilidade de solicitação do empréstimo por pessoas que fazem parte do Benefício de Prestação Continuada (BPC). No entanto, o segundo item ainda não tem validade de fato.

Segundo informações do próprio INSS, cidadãos do BPC ainda não podem realizar a solicitação do empréstimo consignado porque ainda não há uma regulamentação sobre o tema. Assim que o Governo aplicar as medidas, as pessoas deste grupo também poderão pedir o consignado. Ainda não há uma data para a liberação.

Alterações

Antes das alterações aplicadas pelo Governo Federal, aposentados e pensionistas só podiam comprometer até 35% da renda. A regra foi alterada para 40% durante a pandemia, voltou para 35%, e agora retornou para o mesmo patamar de 40%.

Especialistas indicam que aposentados e pensionistas (e em breve os usuários do BPC), podem encontrar uma série de facilidades ao solicitar o consignado do INSS. Afinal de contas, o sistema registra as taxas de juros mais baixas do mercado.

Mesmo diante dos fatos, os mesmos especialistas afirmam que é necessário cuidado para não se endividar. Alguns aposentados usam o dinheiro para um determinado fim, e não conseguem pagar as dívidas com a quantia que resta do benefício. Antes da solicitação, é necessário efetuar algumas contas.

Consignado do Auxílio Brasil

Recentemente, o Governo Federal também anunciou mudanças no sistema do Auxílio Brasil. Segundo o Ministério da Cidadania, usuários que fazem parte do programa social também poderão pedir um empréstimo consignado.

No entanto, assim como no caso dos usuários do BPC, ainda é preciso esperar por uma regulamentação. Especificamente no Auxílio Brasil, quem realiza o processo é o Ministério da Cidadania. Ainda não há uma data para a conclusão.

Por fim, informações de bastidores dão conta de que o Governo Federal aguarda pela sanção da MP que cria o Auxílio Brasil. Caso o presidente Jair Bolsonaro sancione os valores permanentes de R$ 400, o Ministério poderá regulamentar o consignado do programa.

3.5/5 - (8 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Jefferson Diz

    Bom dia,

    Excelente texto, resumido e objetivo.
    Apenas retificando, os empréstimos de BPC estão sendo feitos desde o mês de Março.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.