Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Confirmado! Auxílio Emergencial será prorrogado; confira mais detalhes

A  prorrogação do auxílio emergencial foi confirmada, no último dia 09, para mais de 39 milhões de beneficiários. Inicialmente, o Governo Federal pagaria apenas 4 parcelas do benefício, porém com a nova extensão, o programa receberá mais três parcelas, totalizando sete meses de vigência do coronavoucher em 2021.

O auxílio emergencial será encerrado em outubro, mesmo mês no qual está previsto o lançamento do novo programa social que substituirá o Bolsa Família. Além disso, os beneficiários do Bolsa Família serão transferidos automaticamente para ele.

Em relação aos valores que serão pagos na prorrogação, permanecerão os mesmos, seguindo a regra de respeito a característica familiar:

  • R$ 150 para pessoa que vive sozinha
  • R$ 375 para mães que são chefes de família
  • R$ 250 para os outros beneficiários

Recursos para a prorrogação

Para que a prorrogação do auxílio emergencial seja viabilizada, o Governo deverá utilizar os R$ 7 bilhões excedentes do crédito concedido ao benefício de R$ 44 bilhões. Essa quantia já está fora do teto de gastos da União.

Segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, cada parcela do benefício equivale um montante de R$ 9 bilhões. Devido a isto, o governo deve editar uma nova Medida Provisória (MP) para solicitar um crédito extraordinário, que também fique fora do teto de gastos para custear a extensão.

Crédito para aqueles que não fazem parte do Bolsa Família

Nascidos em3ª Parcela4ª Parcela
Janeiro20 de junho23 de julho
Fevereiro23 de junho25 de julho
Março25 de junho28 de julho
Abril27 de junho1º de agosto
Maio30 de junho3 de agosto
Junho4 de julho5 de agosto
Julho6 de julho8 de agosto
Agosto9 de julho11 de agosto
Setembro11 de julho15 de agosto
Outubro14 de julho18 de agosto
Novembro18 de julho20 de agosto
Dezembro21 de julho22 de agosto

Saque para aqueles que não fazem parte do Bolsa Família

Nascidos em2ª Parcela3ª Parcela4ª Parcela
Janeiro31 de maio13 de julho13 de agosto
Fevereiro1º de junho15 de julho17 de agosto
Março2 de junho16 de julho19 de agosto
Abril4 de junho20 de julho23 de agosto
Maio8 de junho22 de julho25 de agosto
Junho9 de junho27 de julho27 de agosto
Julho10 de junho29 de julho30 de agosto
Agosto11 de junho30 de julho1º de setembro
Setembro14 de junho4 de agosto3 de setembro
Outubro15 de junho6 de agosto6 de setembro
Novembro16 de junho10 de agosto8 de setembro
Dezembro17 de junho12 de agosto10 de setembro

Pagamento para aqueles que fazem parte do Bolsa Família

Inscritos NIS3ª parcela4ª parcela
NIS de final 117 de junho19 de julho
NIS de final 218 de junho20 de julho
NIS de final 321 de junho21 de julho
NIS de final 422 de junho22 de julho
NIS de final 523 de junho23 de julho
NIS de final 624 de junho26 de julho
NIS de final 725 de junho27 de julho
NIS de final 828 de junho28 de julho
NIS de final 929 de junho29 de julho
NIS de final 030 de junho30 de julho

Veja também: Auxílio: Caixa também vai antecipar quarta parcela do benefício

8 Comentários
  1. Regina Diz

    Ótimo momento pra meditar nas escolhas de deputados e senadores, são eles quem decidem qual é os valores do auxílio emergencial disponível para o povo. Os bocó põe a culpa no presidente e mal sabem que pra ele tomar a decisão todo o senado e a câmara devem estar de acordo e mesmo que ele queira fazer algo se estes mesmos não estiverem de acordo não é possível que o presidente aja. Ano que vem é ano de eleição. Não troque seu voto por um botijão de gás ou um benefício ilusório. Saiba que o futuro do Brasil está nas mãos de todos nós.

  2. Erika Aparecida Monteiro Diz

    Queria entender uma coisa, nesse mesmo site eu li que no diário oficial o governo irá pagar para famílias momoparentais o valor de 750,00 e agora vcs dizem que o valor será o mesmo?

  3. Valdirene Aparecida Pereira Diz

    Sou diabético compr meus remédios não posso trabalhar e estava recebendo o auxílio emergencial.meu marido não declara mais imposto de renda e estou passando muito aperto pois estou desempregado pois foi contado que ele declarou imposto de renda e cortou meu benefício ele declarava sim .mais com a situação atual não deu mais .por isso peso que me ajudem e que eu volte a receber o auxílio emergencial.por favor pois estou desempregado e desesperada.cheia de dividas e não posso pagar e nem comprar meus remédios.obrigado

  4. Oswaldo Diz

    Uma vergonha esse 150,00,o que se compra com esse dinheiro,um botijão de gás.nada mais.

  5. ANNA. LLUCCIA ROSA DO PRADO Diz

    Seus assassinos e Malcarater!

  6. ANNA. LLUCCIA ROSA DO PRADO Diz

    Prq roubarem sempre ouve isso nesse pais,cabamda de malestares!

  7. ANNA. LLUCCIA ROSA DO PRADO Diz

    Vergonha So isso esse pais,tem dinheiro que podia ajudar vidas,falo ate sibre os animais mas eles sao os primeiros ha mata los,mente demoníaca!

  8. ANNA. LLUCCIA ROSA DO PRADO Diz

    Olha eu nao moro sozinha e to recebendo 150 ,palhacada fica fazendo isso mas sabe e prq quanto mais dar povo menor ficar o dinheiro a mais que eles roubam!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.