Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Confira os 3 Maiores Erros Cometidos por Quem vai se Aposentar

Em razão da imensidade de leis previdenciárias, de alterações legislativas e a complexidade dos cálculos de aposentadoria, não é raro perder dinheiro para o INSS.

Assim, inicialmente, recomenda-se iniciar o planejamento da aposentadoria anos antes de se aposentar.

Outrossim, é de suma importância analisar caso a caso antes contribuir qualquer valor para o INSS.

Adiante, discorreremos sobre os três principais erros cometidos por quem vai se aposentar.

Contribuir Mais nos Meses Anteriores à Aposentadoria

Um dos maiores erros cometidos por quem vai se aposentar refere-se à crença de que pagar mais para o INSS perto da aposentadoria implicará em uma aposentadoria melhor.

Neste sentido, até 1998 o valor da aposentadoria considerava somente os últimos 36 salários antes da aposentadoria, mas hoje o cálculo não é mais assim.

No entanto, antes da Reforma da Previdência, o valor da aposentadoria abrangia os 80% melhores salários de julho de 1994 até o mês anterior à aposentadoria.

Atualmente, o cálculo do valor da aposentadoria considera a média de todos os salários do indivíduo, a partir de julho de 1994, ou de quando começou a contribuir.

Com efeito, isso se aplica para quem não conseguiu se aposentar até a vigência da nova lei previdenciária ou começou a contribuir depois dela.

Portanto, contribuir alguns meses com um valor mais alto pode não fazer diferença.

Tempo de Atividade Especial ou Rural

Além disso, um dos maiores erros cometidos por quem vai se aposentar é deixar de considerar o tempo de atividade especial ou rural.

Isto porque muitas pessoas pensam que, ao completar o tempo de contribuição para se aposentar, não faz mais diferença comprovar o tempo de atividade especial ou rural.

No entanto, comprovar todos seus períodos, mesmo já tendo tempo para se aposentar, pode fazer muita diferença no valor da aposentadoria.

Pendências no INSS

Por fim, é normal acreditar que o único momento em que é possível resolver as pendências com o INSS é na hora da aposentadoria.

Todavia, deixar para resolver todas as pendências para quando for se aposentar pode atrasar o recebimento da aposentadoria em mais de 3 anos.

Assim, o mais indicado é retirar um documento chamado CNIS (Cadastro Nacional das Informações Sociais) o quanto antes, em qualquer agência do INSS ou no site do Meu INSS.

Com esse documento, o indivíduo descobrirá se existem pendências nos seus períodos de contribuição.

Portanto, recomenda-se resolver todas as pendências anos antes de se aposentar para garantir uma aposentadoria tranquila.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.