Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como não misturar o profissional com o pessoal?

Muitas pessoas tentam não misturar o profissional com o pessoal. Porém, especialmente com o trabalho remoto, essa tarefa se tornou muito complicada. Mas, isso não quer dizer que seja impossível, correto?

Por isso, neste texto nós trouxemos algumas dicas, considerações e apontamentos importantes sobre a vida pessoal e profissional. Acompanhe!

É possível separar o profissional do pessoal completamente?

Completamente, não. Isso porque somos seres inteiros, e essa história de que é preciso “deixar a vida pessoal de lado” e “encarnar o profissional” é algo simplesmente fora da realidade.

Não tem como trabalhar de uma maneira absolutamente produtiva se, em casa, temos um familiar doente, por exemplo. As nossas emoções não podem ser controladas friamente a esse ponto.

Contudo, algumas atitudes podem sim minimizar os impactos da vida pessoal no trabalho e vice-versa. Mas para isso é preciso organização. E para ajudar nessa busca por organização, listamos algumas dicas no tópico abaixo. Continue lendo.

Como não misturar o profissional com o pessoal?

Como mencionado acima, nós podemos nos organizar – um pouco – para não misturar TANTO a vida pessoal com a profissional.

Afinal, carregamos a nossa história, medos, sonhos e desejos pessoais para dentro do ambiente de trabalho. Por isso, temos que ter cuidado com os nossos comportamentos e as formas como lidamos com isso dentro da empresa.

Veja algumas considerações que podem ajudar:

1. Entenda qual é o seu horário de descanso e trabalho

Tenha um horário relativamente regrado. Ou seja, tenha um horário regrado, mas que também seja flexível – mediante imprevistos.

Porém, cuidado para não estabelecer um horário muito flexível a ponto de ser impossível não misturar o profissional com o pessoal.

Afinal, se você não sabe a hora de parar o trabalho (ou de começar), poderá trabalhar nos momentos de descanso e descansar quando deveria estar trabalhando.

Fique atento à sua rotina e tenha horários equilibrados para todas as suas tarefas, sejam elas pessoais ou profissionais.

2. Eduque clientes e familiares

Educar os seus clientes para que saibam qual é o seu horário de atendimento também faz a diferença. Isso impede, inclusive, que você fique com aquela tentação de responder um cliente no seu momento de descanso.

E o mesmo vale para os seus familiares. Eduque-os para que não fiquem interrompendo o seu trabalho com mensagens ou ligações que não sejam urgentes. Assim você consegue manter uma separação – mesmo que sutil – dos dois âmbitos de sua vida.

3. Organize a sua agenda considerando as suas prioridades – e não deixe-as para o fim do dia

Saiba quais são as suas prioridades no trabalho, já no começo do dia. Assim você consegue dar mais atenção ao que é mais importante, finalizando a tarefa logo no início do expediente.

Dessa forma você evita de querer ficar, no seu tempo de descanso, trabalhando para terminar uma prioridade.

4. Aceite que não precisamos – e nem podemos – ser produtivos o tempo todos

Por fim, para não misturar o profissional com o pessoal é preciso aceitar que não precisamos ser produtivos o tempo todo.

Mas sim, precisamos do nosso descanso para, justamente, conseguir atingir resultados cada vez mais promissores no trabalho.

Respeite o seu descanso, a sua vida pessoal e cuide da sua saúde mental dessa maneira.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.