Censo Escolar aponta que mais de 650 mil crianças saíram da escola em três anos

A primeira etapa do Censo Escolar 2021 aponta que o Brasil perdeu mais de 650 mil matrículas de estudantes na educação infantil entre os anos de 2019 e 2021. De acordo com os dados do Censo, a queda no número de matrículas de crianças de até 5 anos foi de 7,3%.

Durante a pandemia, 653.499 crianças nessa faixa etária saíram da escola. O índice de crianças matriculadas em creches caiu 9% entre 2019 e 2021, sendo o número mais expressivo na rede privada, que registrou queda de 21,6%. Já na rede pública de ensino, o número de matrículas nas creches caiu em 2,3%.

Os dados da primeira etapa do Censo Escolar 2021 foram divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) na última segunda-feira, dia 31 de janeiro. Essa etapa do Censo apresenta dados sobre todas as escolas, os professores, os gestores, as turmas (nas suas diferentes etapas), e os alunos.

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo Inep, em comparação com o número de matrículas de 2020, o ano de 2021 registrou uma redução de 1,3% considerando todas as etapas de educação. O índice corresponde a cerca de 627 mil a menos no ano passado.

Ensino fundamental e médio

O nível fundamental, por outro lado, registrou uma estabilidade no número de matrículas dos anos finais. Em 2020, o país tinha 11.928.415 alunos matriculados do 6º ao 9º ano, enquanto em 2021, houve 11.981.950 matrículas nesses anos. Portanto, houve o aumento de mais de 53 mil alunos matriculados.

O Censo apontou ainda que houve um aumento no número de matrículas do ensino médio. Em 2021, o Brasil registrou 7,8 milhões alunos matriculados no ensino médio. Em relação a 2020, houve um acréscimo de 2,9%.

O Inep deve realizar a segunda etapa do Censo Escolar 2021 a partir deste mês de fevereiro. Nesta etapa, o órgão vai aplicar pela segunda vez o questionário “Resposta educacional à pandemia de covid-19 no Brasil”.

Com informações da Agência Brasil.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também UFSC registrou abstenção geral de 24% no Vestibular 2022; saiba mais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.