Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: calendário da 5ª parcela; NOVOS pagamentos

A liberação de saque da 5ª parcela do auxílio emergencial para os nascidos em agosto aconteceu nesta terça-feira (14). O calendário desta parcela segue até  a segunda-feira (20).

Os valores podem variar de R150 a R$375,  dependendo da característica da família:

  • R$ 150 para pessoas que morar sozinhas;
  • R$ 250 para família de mais um integrante;
  • R$ 375 para famílias de mais de um integrante e com mãe chefe de família.

Ao todo devem ser pagas mais duas parcelas, depois disso o governo deve encerrar os pagamento e apostar na reformulação do Bolsa Família. (Veja mais abaixo).

Caso ainda tenha alguma dúvida, o nosso artigo “Auxílio emergencial 2021: tudo que você precisa saber sobre a nova rodada” pode te ajudar.

Calendário da 5ª parcela do auxílio emergencial 2021

A data de saque para os beneficiários do grupo geral também é diferente, quem antes recebia pelo Bolsa Família tem direito ao saque assim que o dinheiro fica disponível no Caixa Tem.

Grupo geral

Mês de nascimento Data de pagamento Liberação para saque
Janeiro 20 de agosto 1º de setembro
Fevereiro 20 de agosto 2 de setembro
Março 21 de agosto 3 de setembro
Abril 22 de agosto 6 de setembro
Maio 24 de agosto 9 de setembro
Junho 25 de agosto 10 de setembro
Julho 26 de agosto 13 de setembro
Agosto 27 de agosto 14 de setembro
Setembro  28 de agosto 15 de setembro
Outubro  28 de agosto 16 de setembro
Novembro 29 de agosto 17 de setembro
Dezembro  31 de agosto 20 de setembro

 

Auxílio emergencial x reformulação do Bolsa Família

O pagamento do auxílio emergencial 2021 deve se encerrar em outubro, com a 7ª parcela deste ano. Depois disso, o governo deve apostar na reformulação do Bolsa Família, que deve levar o nome de Auxílio Brasil.

Mas o que muda afinal? O que deve ser alterado é a faixa de renda, que deve ser menor no Auxílio Brasil, além da criação de novos programas a depender da característica da família.

Os valores devem ficar em torno de R$ 300, isso se o projeto sair este ano. Se o projeto não sair do papel em 2021, a ação no ano que vem pode não ser possível. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.