Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Banco Central (BC): entenda o funcionamento do Lift Challenge

O LIFT Challenge é uma edição especial do LIFT, realizado pela Fenasbac, em parceria com o Banco Central do Brasil (BC). Entenda melhor como funciona!

Conforme informações oficiais divulgadas pelo Banco Central do Brasil (BC), o LIFT Challenge é uma edição especial do LIFT (Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas). Realizado pela Fenasbac, em parceria com o Banco Central do Brasil (BC).

Banco Central (BC): entenda o funcionamento do Lift Challenge

Sendo assim, o desafio reúne participantes do mercado interessados em desenvolver um produto minimamente viável (MVP) que atenda ao foco da edição.  De acordo com informações oficiais do Banco Central do Brasil (BC), cada solução será desenvolvida para beneficiar o Sistema Financeiro Nacional (SFN) e para trazer benefícios e inovações à sociedade brasileira.

O tema do LIFT Challenge será ‘Real Digital’

Dessa forma, o objetivo desta edição é avaliar casos de uso da moeda digital emitida pelo BC (o REAL DIGITAL), bem como sua viabilidade tecnológica.

Categorias

Será dada a preferência para a seleção de projetos sobre as seguintes categorias de casos de uso em ambiente online:

Entrega contra pagamento; pagamento contra pagamento; internet das coisas e finanças descentralizadas. Além disso, também será dada a preferência a potenciais soluções de pagamento em que tanto pagador quanto recebedor se encontrem offline.

Infraestrutura

Conforme informa o Banco Central do Brasil (BC), além da preferência aos produtos há referidos, a infraestrutura do caso de uso proposto será avaliada também quanto a seus potenciais de:

  • Interoperabilidade com outros sistemas de pagamentos, disponíveis tanto para operações de varejo quanto de atacado;
  • Escalabilidade da solução tecnológica, voltada a aplicações de varejo de escopo nacional;
  • Privacidade das informações empregadas no caso de uso, em observância à legislação brasileira pertinente; e
  • Programabilidade da solução proposta, voltada a permitir a inovação e à construção novas soluções e produtos com base na plataforma proposta.

A Coordenação do Comitê Executivo de Gestão, terá discricionariedade para incluir outras categorias de projeto que se enquadrem no escopo do LIFT Challenge Real Digital, informa o Banco Central do Brasil (BC) em sua plataforma oficial.

Entenda melhor como funciona

De acordo com as informações oficiais, o Banco Central do Brasil (BC) apresenta um desafio específico para o desenvolvimento de um MVP. Por conseguinte, a Fenasbac, em conjunto com o BC, promove a seleção dos projetos e promove um fórum para acompanhamento e desenvolvimento dos trabalhos ao longo do período do desafio.

Todos os interessados no escopo e prazo, fazem compromissos de empenho e resultados esperados na produção do MVP. Conforme ressalta a instituição, no período de 6 meses o projeto é desenvolvido com o acompanhamento quinzenal de seus progressos pelo Banco Central do Brasil (BC). Por fim, os resultados serão apresentados à sociedade.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.