Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Baixo rendimento nos estudos: Como melhorar?

baixo rendimento nos estudos pode impactar diretamente a sua produtividade e, no longo prazo, os resultados que você obtém com a sua graduação ou curso. Por isso, ficar atento ao seu desempenho é primordial para garantir que pequenas mudanças cotidianas lhe impulsionem cada vez mais.

Sendo assim, elaboramos esse conteúdo para lhe ajudar a melhorar o seu rendimento nos estudos, aumentando a qualidade dos seus conhecimentos obtidos, seja em casa, seja na faculdade. Preparado?

Qual a causa do baixo rendimento nos estudos?

Antes de qualquer coisa, pare e analise a causa do baixo rendimento nos estudos. Você tem se sentido cansado? Entediado? Irritado? Entender o que pode estar atrapalhando o seu desempenho é de suma importância para você agir diretamente na “raiz” do problema.

Desse modo, você consegue ter uma visão mais aprofundada das causas que levam você a se sentir estagnado nos estudos, podendo contornar as situações de modo mais efetivo. Abaixo, no entanto, daremos algumas dicas que podem lhe ajudar a driblar as principais causas do baixo rendimento

Baixo rendimento nos estudos: Como melhorar essa situação?

Para melhorar o quadro de baixo rendimento nos estudos, é importante entender a causa do problema. Entendido isso, você poderá tomar atitudes como:

1- Procure priorizar o seu sono e o seu descanso

Muitas vezes, os estudantes precisam ouvir de seus professores que é necessário abrir mão do descanso e do sono para conseguir entregar todos os trabalhos ou ler todos os livros. Porém, isso não passa de uma romantização do sofrimento, fazendo com que o estudante se esgote psicologicamente e, consequentemente, tenha um baixo rendimento nos estudos.

Sendo assim, procure sempre pôr o seu sono e descanso em primeiro lugar, e em hipótese alguma negligencie isso. Quanto mais você descansar a sua mente e o seu cérebro, mais conhecimentos e memórias você conseguirá ter.

2- Estabeleça uma rotina de estudos

Ter uma rotina estruturada também evita um baixo rendimento nos estudos. Às vezes, você não consegue render por simplesmente não saber o que estudar e, tampouco, quando estudar. A partir do momento que você divide as obrigações em blocos, tudo fica mais visível e fácil de ser executado dentro de um tempo hábil.

3- Entenda o que lhe distrai e evite esses gatilhos

Você tem notado alguns gatilhos que tiram a sua concentração e provocam o baixo rendimento nos estudos? Evite-os!

Exemplos de alguns gatilhos:

  • Familiares que ficam invadindo o seu quarto durante os estudos: Avise-os do seu momento de concentração e peça consideração.
  • Televisão e aparelhos eletrônicos: Mantenha-os desligados.
  • Barulhos na vizinhança: Procure os horários mais tranquilos para estudar, ou então, estude ouvindo músicas calmas e que inibem o som externo.
  • Entre outras possibilidades.

4- Fuja dos excessos e dê pausas inteligentes

Ao invés estudar intensivamente em um único momento, procure ter momentos específicos para os estudos, de forma equilibrada e que considere pausas inteligentes. Isto é, quando você sentir que a sua mente saturou ou que algum conteúdo é muito difícil, dê uma pausa para descansar.

Medite, caminhe um pouco, respire fundo, enfim! Descanse a mente e só volte a estudar quando se sentir mais energizado novamente.

5- Cuide da sua saúde física e mental

Por fim, para prevenir o baixo rendimento nos estudos, procure sempre cuidar da sua saúde mental e física. Pratique exercícios, faça psicoterapia, pratique o autoconhecimento e alimente-se de maneira equilibrada. Acredite, esses hábitos saudáveis fazem toda a diferença no seu desempenho nos estudos.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.