Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (16 votes)

Auxílio emergencial terá mais 5 parcelas com valor de R$600

Mais de 1,3 milhão receberão o pagamento retroativo do auxílio emergencial este ano, segundo o Ministério da Cidadania. Para viabilizar os pagamentos, o Governo Federal liberou um total de R$ 4,1 bilhões.

Os repasses já foram iniciados em janeiro deste ano e, do total de beneficiários, mais de 823 mil já foram atendidos, restando apenas cerca de 459 mil. O valor da parcela retroativa pode chegar até R$ 3 mil.

A justificativa para a concessão desse pagamento está no fato de os pais solteiros não terem recebido as cotas duplas do Auxílio Emergencial durante sua vigência, sendo só as mães solteiras, na mesma situação, contempladas.

Cabe salientar que os repasses estão levando em conta as primeiras cinco parcelas do programa distribuídas entre abril e agosto de 2020. Na época, cada uma valia R$ 600, assim, o cidadão recebe o benefício conforme o mês que foi contemplado pelo auxílio.

Você vai gostar muito de ver:

FGTS: Saque extraordinário de até R$1 mil tem quinto lote liberado

Caixa libera novo saque duplo do PIS/Pasep ‘esquecido’ para os trabalhadores

Auxílio emergencial: Quem pode receber os valores retroativos?

Em suma, para ter acesso ao benefício o pai solteiro deve ter se inscrito no CadÚnico até o dia 2 de abril de 2020. Além disso, é preciso ter realizado o cadastro do programa pelas plataformas digitais até o dia 2 de julho de 2020, prazo final para inscrição no Auxílio Emergencial.

Lembrando que os pais do grupo “Extracard” – composto pelos cidadãos que se inscreveram no programa pelos canais digitais – já receberam o benefício em janeiro. Neste sentido, restam ainda receber aqueles que entraram no programa por meio do CadÚnico e Bolsa Família (agora Auxílio Brasil).

Contudo, o Ministério da Cidadania ainda irá analisar a condição de pagamento conforme o perfil do grupo beneficiário. Na prática, a pasta vai verificar:

  • Se o pai solteiro está cadastrado como Responsável Familiar;
  • Se recebeu cota simples do Auxílio Emergencial entre abril e agosto de 2020;
  • Se não possui cônjuge ou companheira(o); e
  • Se há na família ao menos uma pessoa menor de 18 anos.

Como consultar se vou receber os valores retroativos?

Para verificar se já recebeu ou terá a parcela do Auxílio Emergencial, será necessário acessar o site, da Dataprev e seguir os seguintes passos:

  • Preencha o campo com o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Com o seu nome completo; e
  • Com o nome da sua mãe completo (ou selecione a opção “mãe desconhecida);
  • Coloque sua data de nascimento no campo solicitado;
  • Selecione o reCAPTCHA para provar que é humano;
  • Clique em “ENVIAR”.
3.7/5 - (16 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

13 Comentários
  1. Tiago lúcio dos Santos Diz

    Quando eu recebo

  2. Aryel Rezza Diz

    Uma merda atrás da outra quem disse que o primeiro auxílio resolveu o problema da nação o governo fez uma cagada demorou demais em tudo o país está falido a nação estar pobre aonde vem esse dinheiro isso é campanha pois já teriam dito que não haveria mas auxílio para mas ninguém afinal ainda anda mentido. Quem crer em fada e duende é idiotas.

  3. Adriana Oliveira Ferreira Diz

    Eu estou sozinha com meu filhos estou precisando muito estou desempregada

  4. Adriana Oliveira Ferreira Diz

    Eu estou precisando muito

  5. Marcio Diz

    Isso e uma bosta esse negócio de auxílio porque o presidente Bolsonaro não permaneceu com o auxílio desde de quando começou sabendo que sua popularidade pra ganhar pra presidente ia cair agora esse presidente tá ferrado porque muita gente que ele deixou desistido fora do programa não vai votar nele fora presidente de merda da o lugar pra outro que talvez possa fazer as coisas sertã fora presidente de merda tu e esse ministro da cidania

  6. Mária Salete Gomes de Oliveira Diz

    Eu me chama Maria Salete Gomes de Oliveira.eu despregada não tenho nem um rescisão e não consigo receber o auxílio emergencial.e nem o auxílio Brasil o que eu faço para receber estou passando necessidade não tenho dinheiro nem para me manter vivo de ajuda

  7. Francis Diz

    Idiota uma pessoa que pública uma reportagem dessas com o título que não tem nada a ver……

  8. Eu Diz

    Aprendam a fazer postagens direito!
    O título é “Auxílio emergencial TERÁ mais 5 parcelas com valor de R$600” o que dá a entender que quem pegou poderá pegar novamente, em momento nenhum deixa claro no título que é para HOMENS PAIS SOLTEIROS que ainda não pegaram!
    Tempo hoje é precioso, e perdi lendo uma coisa que podia ter sido claro desde o início. Fora o fato de fale news que eu poderia inclusive nesse momento denunciar, já que se trata de um título falso e enganoso!

  9. Francisco Diz

    Queria saber se tenho direito ,fiz o cadastro no caixa tem como pai solteiro , e não recebi nada além dos 600 das parcelas o retroativo nada, alguém pode dizer se receberei ou não o retroativo

  10. Kleber Diz

    É muito injusto !!! Tudo errado , quem precisa mesmo eles não estão nem aí !!! Eu recebi as 5 parcelas meu cadastro está lá como pai solteiro e agora me falam.que no meu cadastro não tem nada que me permita receber o retroativo sendo que estou desempregado, pra passar necessidades basta está desempregado

  11. Fernando Brás Rosas Diz

    O GOVERNO FALA TANTA BABAQUICE, MAS NÃO DIZ O DIGA QUE PODE SER RESGATADO, ASSIM COMO A MERDA DO DINHEIRO 💰 ESQUECIDO. TANTA COISA SEM SENTIDO, QUE DESABIMA QQUER BRASILEIRO

  12. Aldre rozileica da silva cura Diz

    Sabe ser tenho direito

  13. Marcos Noé Diz

    Eu nunca recebi uma cota sequer e tenho doença crônica e independente com quem você moro deveríamos ter esse direto, tem gente errada que recebeu até preso tiveram direito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.