Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

1.5/5 - (2 votes)

Auxílio emergencial: Saiba quem terá que devolver para o Governo

O Ministério da Cidadania está enviando mensagens de textos via SMS para essas pessoas, informando-as do processo de devolução.

Os cidadãos que receberam o benefício do Auxílio Emergencial indevidamente poderão devolver os valores de forma voluntária aos cofres públicos. O Ministério da Cidadania está enviando mensagens de textos via SMS para essas pessoas, informando-as do processo de devolução.

As mensagens estão sendo enviadas para os seguintes grupos:

  • Pessoas que declararam o Imposto de Renda e foram notificados para devolver o Auxílio Emergencial, mas ainda não efetuaram o pagamento;
  • Pessoas que receberam o benefício, mesmo sem se enquadrar nos critérios de elegibilidade do programa;
  • Pessoas que já recebem um benefício assistencial ou previdenciários do Governo Federal, como seguro-desemprego ou aposentadoria; e
  • Trabalhadores que, no período de recebimento do Auxílio Emergencial, possuíam um vínculo empregatício.

De acordo com a equipe da Cidadania, ao todo, cerca de 1 milhão de pessoas serão notificadas para devolver os valores que receberam indevidamente. Lembrando que quem não efetuar o pagamento estará sujeito a responder por crime de fraude.

O Auxílio Emergencial será prorrogado?

Vale salientar que para tornar a prorrogação do coronavoucher possível algumas expectativas do Governo Federal precisam ser anuladas, a destacar a aprovação da PEC dos Precatórios. A medida visa criar espaço no Orçamento da União de 2022 liberando recursos para o financiamento do Auxílio Brasil. O novo programa social está substituindo o Bolsa Família.

Com o dinheiro dos precatórios será possível que o presidente da república, Jair Bolsonaro, cumpra sua promessa de viabilizar mensalidades médias no valor de R$ 400 para cerca de 17 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Diante disso, somente se os planos para o Auxílio Brasil derem errado, o Governo deverá editar uma nova Medida Provisória para liberar mais uma rodada do Auxílio Emergencial. Todavia, apoiadores de Bolsonaro pressionam o chefe do Executivo a conceder uma nova prorrogação.

Isso porque, 2022 é ano eleitoral e o presidente da república pode ser mal visto considerando as mais de 20 milhões de pessoas desamparadas economicamente. Contudo, para saber mais sobre esse caso é preciso estar atento as informações das próximas semanas.

1.5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Zeni Diz

    Eu quero saber quando vai pagar este auxílio emergencial para comprar as coisas pra comer no natal só isso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.