Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Auxílio emergencial vai divulgar novidades via SMS; veja como reconhecer

Em tempos de vários golpes em contas de usuários, muita gente quer saber como é o SMS original de cobrança do Auxílio Emergencial

O Ministério da Cidadania anunciou que está enviando mensagens de texto para usuários do antigo do Auxílio Emergencial. O SMS está chegando nos celulares de cerca de 1 milhão de pessoas em todo o Brasil entre a segunda-feira (20) e a terça-feira (21). A ideia é cobrar a devolução do dinheiro do programa.

Com o anúncio dos envios dessas mensagens, o fato é que algumas quadrilhas de criminosos podem estar se preparando para aplicação de golpes. Em alguns casos, esses bandidos estão enviando mensagens falsas para que essas pessoas cliquem em links suspeitos achando que eles são do Ministério da Cidadania.

A boa notícia em toda essa história é que não é tão difícil identificar qual é a mensagem oficial do Ministério da Cidadania. A dica mais fácil é olhar para o número do contato que enviou o SMS. A pasta está disparando esses envios pelo 28041 e também pelo 28042. Qualquer mensagem enviada de qualquer outro número deve ser ignorada.

No corpo do texto enviado pelo Ministério, o cidadão é identificado com o número de seu CPF. Neste caso, é necessário ter  um pouco mais de atenção, uma vez que eles não irão pedir esse número, mas sim, mostrar que sabem qual é. Logo depois, será mostrado um link com um domínio br para que o cidadão clique nele e consiga gerar o boleto para efetuar a devolução.

Ainda assim não está confiante? Não tem problema. É só fechar a mensagem e ir até o site oficial da consulta do Auxílio Emergencial. Por lá, você pode saber se terá mesmo que devolver o dinheiro. É só seguir o passo a passo e fazer a devolução da quantia para os cofres públicos.

Quem está devolvendo?

De acordo com as informações oficiais, esta vai ser a última leva de cobranças de devolução do Auxílio Emergencial. Antes desta, o Governo já tinha feito mais dois outros disparos de envios para usuários do programa.

“Este é o último lote de mensagens a ser enviado no ano de 2021. O objetivo é alcançar um novo público, formado por pessoas identificadas pelos órgãos de controle como indicados a procederem à devolução de recursos do Auxílio Emergencial”, disse o Ministério.

Como fazer para devolver?

Para fazer a devolução do dinheiro em questão, o cidadão só precisa ir até o site oficial específico para isso. Chegando lá, o sistema solicitará ao cidadão que insira os dados pessoais como nome completo, cpf e nome completo a mãe.

Pronto, a partir deste procedimento, o cidadão vai verificar no sistema como está a sua situação. Também vai ser possível gerar um boleto de cobrança para que ele pague o valor correspondente ao da devolução. Pelo menos é o que se sabe até aqui.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal começou a fazer os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda no ano passado. Naquela ocasião, o programa chegou a atender cerca de 70 milhões de brasileiros até chegar ao fim em dezembro.

Logo depois de um hiato de três meses sem repasses, os pagamentos voltaram ainda em abril de 2021. Desta vez, no entanto, os valores dos repasses e o número de usuários foi bem menor. De acordo com o Ministério da Cidadania cerca de 39 milhões receberam o benefício este ano.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Ednacristina ERNANDES Diz

    Rua Irineu pinto Gonçalves 96 jardim Cruzeiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.