Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: Dataprev vai continuar cortando benefícios na prorrogação

Segundo informações oficiais, os bloqueios no Auxílio Emergencial irão continuar normalmente durante a prorrogação do benefício

Desde que começou os pagamentos do Auxílio Emergencial, o Governo Federal realizou mais de 2 milhões de cortes no programa. Esse é o número de pessoas que chegaram a receber pelo menos uma parcela do benefício mas que perderam o direito de receber esse dinheiro no decorrer dos repasses.

Mesmo diante de muita reclamação sobre esses bloqueios, o Governo deixou claro que eles podem continuar. É que de acordo com o Ministério da Cidadania, o Dataprev faz análises sucessivas nas contas de cada um dos beneficiários do programa. O objetivo é simplesmente detectar possíveis fraudes.

Diante das irregularidades, o Dataprev realiza o bloqueio. Para algumas pessoas que passam por essa situação, existe a opção de contestar o resultado. Eles possuem 10 dias para fazer isso. No entanto, muita gente afirma que não tem essa opção. O órgão do Governo explica que nem todo caso é passível de contestação. 

Só entre os meses de maio e junho, o Planalto realizou o corte em cerca de 1,1 milhão de contas do programa. Esses bloqueios aconteceram a partir de informações não apenas do Dataprev, como da Controladoria Geral da União (CGU) também. São órgãos que fazem portanto esse processo de fiscalização nas contas dos usuários.

Em muitos desses casos, as pessoas conseguem um emprego formal. Ao passar por isso, ele perde o direito de receber o benefício. Brasileiros que ultrapassam o limite máximo de renda per capita também podem perder o programa. O Dataprev e a CGU analisam minuciosamente cada um desses casos.

Justificativa

De acordo com relatos nas redes sociais, o Dataprev teria cancelado centenas de contas de mães chefes de família nas últimas semanas. Essas mulheres estão usando os seus perfis na internet para cobrar uma resposta do Governo.

Normalmente, quando se visita o site da consulta do Auxílio e se insere as informações pessoais, o próprio sistema gera o motivo para o cancelamento e informa essa razão para o usuário que está visitando a página da internet.

No entanto, boa parte dessas mulheres está dizendo que a conta sequer oferece um motivo para o cancelamento. Elas estão alegando portanto que não sabem o motivo que foi responsável pela perda do benefício em questão.

De acordo com o Dataprev, e com outros órgão do Governo, o processo de análise das contas não visa atingir um grupo específico. Eles dizem ainda que esses bloqueios acontecem por motivos individuais.

Auxílio Emergencial

Na última semana, o Governo do Brasil anunciou oficialmente a prorrogação do Auxílio Emergencial. A imprensa vinha falando sobre o tema há algumas semanas. Muitas das novidades de bastidores acabaram se cumprindo de fato. 

Logo depois do fim da prorrogação do Auxílio Emergencial, o Governo Federal deverá começar a pagar os valores do novo Bolsa Família. De acordo com informações de bastidores, eles deverão enviar um texto sobre o projeto para o Congresso. E isso deverá acontecer até o próximo dia 18, que é a data em que os parlamentares irão entrar em recesso.

16 Comentários
  1. Nadja Jaciara do Espírito Santo Diz

    Sou mãe solteira e tenho filho de 11 anos o qual sustento sozinha estou desempregada ,fui na caixa e lá ñ souberam me dizer o porque do bloqueio.

  2. Sandra Diz

    Sou das q fazem parte das mães q tiveram o auxílio emergencial bloqueado,alegaram q meu CPF estava irregular ,fui ao banco do Brasil paguei e regularozei a pendência. Tô tentando contestar antes do dia 03/07/21. Mas a pág já dizia q o prazo tinha acabado. Se a gente recorre é pq realmente tá precisando. E o site simplesmente n nos essa possibilidade.

    1. Lilian Silva Santos Gonçalves Diz

      Recebi 2 parcelas de $250,00,e me bloquearam.Tentei contestar,mas só dizem que o prazo terminou e que não recebi por causa do salário do meu esposo. $1300
      O ano passado recebi tudo certinho. Agora tô precisando desse dinheiro e não dão mais o direito de contestar.preciso comprar minhas medicações que não tem nas farmácias do SUS.

      1. Ney Diz

        Sou mãe solteira , estou trabalhando agora ganhar 531,00 para pagamento de todos as despesas e cortaram meu auxílio isso não e justo.

  3. Lucinete Alves Ferreira Diz

    Estou desempregada ,tenho poblema de saúde,recebi duas parcelas na terceira foi bloqueado , falando que meu CPF consta inregular

  4. Beatriz de Fátima Martins Diz

    Não consigo contestar diz que expirou prazo, no mesmo dia que foi bloqueado. Tá tudo errado não explicam nada.

    Alguém nos ajude!

    1. Mariaanezianunes Diz

      O que estão fazendo e uma injustiça estou enferma sem renda alguma e bloquearam o meu ..

  5. Beatriz Diz

    Sou mãe solo,não recebo nenhum benefício, sem trabalho, apenas bico de algumas coisas que faço pra vender! Injusto isso com tantas mães.

    Alguém nos ajude!!

  6. Ione Lima dos Santos Diz

    Sou mãe solo além de estar desempregada e quem está recebendo meu auxílio e meu ex não consigo nem contestar por esse motivo.

  7. Denise monteiro Diz

    Bloquearam minhas pacelas injustamente pra que vcs dao pra depois tomar

  8. Denise monteiro Diz

    Oii meu nome e denise sou mae de tres filhos solteira desempregada ah 15 dias cortaram meu auxilio nao posso trabalha pq acabei de ganhar minha nene hj ela tem 18 dias de nacida quando eu entro no site fala que minha pacela ta bloqueada ai tem que contesta ai fui tentar contesta nao dava mais e agora fala que eu to em analise oq e isso pq cortaram meu meu auxilio mesmo esse beneficio tava me ajudando muito

  9. Fabiana Silva de Santana Diz

    Sou mãe solo cortaram meu auxílio, e ainda meu bolsa família sem motivo algum porque não trabalho vivo do bolsa família pra sustentar meus 2 filhos pequenos uma injustiça isso

  10. Rejane Diz

    Sou mãe solo, estou desempregada. Cancelaram o meu Auxílio Emergencial e para isso alegaram que eu vivo fora do Brasil, mas isso não é vdd pois NUNCA viajei para o exterior.

  11. Wagner Castro Diz

    Eu me encontro desemprego a mais de dois anos só recebi os dois primeiros lote, agora esse ano fui cortado estou vivendo de bico

  12. Rosiley Diz

    Sou mãe solo chefe de família não recebo nenhum benefício estou desempregada fui bloqueada injustamente

    1. Nilza de Cassia silva Diz

      Fui aprovada mas n recebi a parcela de 150 reais.Aparece k foi para cx mas n está disponível.ja a segunda e a terceira foram bloqueada .Motivo diz k sou funcionária pública.Nunca trabalhei em repartições pública.estou desempregada a um ano fazendo bico.E não consigo contesta por esse motivo ok devo dar.Me ajude

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.