Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (10 votes)

Auxílio emergencial 2022: Inscrição para receber o retroativo do benefício

O novo lote será distribuído de forma retroativo aos pais solteiros, sem cônjuge ou companheira(o), responsáveis por, ao menos, um filho menor de idade.

O Governo Federal realizará novos pagamentos do Auxílio Emergencial. Este novo lote será distribuído de forma retroativo aos pais solteiros, sem cônjuge ou companheira(o), responsáveis por, ao menos, um filho menor de idade.

Durante a vigência do programa, somente as mães solteiras chefes de família monoparental tiveram acesso a duas cotas de R$ 600, totalizando um benefício mensal igual a R$ 1.200. No entanto, devido a um veto do presidente Jair Bolsonaro, os homens que estavam na mesma situação não receberam o abono dobrado.

Veja também: Auxílio Brasil: confira o número de usuários beneficiados por cidade

Todavia, o Congresso Nacional decidiu derrubar o veto presidencial, ampliando o direito das parcelas dobradas aos pais solo. A intenção é que os novos pagamentos retroativos sejam realizados nos primeiros meses de 2022.

É preciso se inscrever?

Não. Não é preciso realizar nenhuma inscrição ou cadastro para receber os valores. Isso porque, o Ministério da Cidadania fará uma verificação automática para checar a elegibilidade daqueles que têm direito à cota dupla do benefício. O cidadão ainda terá que se enquadrar nas regras do programa.

Para os novos pagamentos, o homem deve ter sob seus cuidados ao menos um filho menor de idade, sem vínculo com cônjuge ou companheira(o). Até o momento, a equipe da Cidadania ainda não divulgou as datas dos repasses, mas em breve devem ser definidas.

Liberada consulta ao novo lote do auxílio emergencial 2022

A Dataprev já habilitou o seu site para as novas consultas referentes ao Auxílio Emergencial. O beneficiário pode verificar se está no grupo contemplado informando o número do CPF, nome completo, data de nascimento e nome completo da mãe no site.

Quais os requisitos para os pais solteiros?

  • Ser chefe de família;
  • Ser responsável por pelo menos um menor de 18 anos;
  • Não possuir cônjuge ou companheira(o);
  • Ter recebido a cota simples do Auxílio Emergencial em 2020;
  • Não ter outro membro familiar que tenha recebido a cota dupla no valor de R$ 1.200 em 2020.

Além disso, também será necessário cumprir as regras gerais do Auxílio Emergencial, como estar desempregado e ter renda de até meio salário mínimo por pessoa da família (R$ 550) ou de até três mínimos para toda a família (R$ 3.300).

3.5/5 - (10 votes)
17 Comentários
  1. Fabiano Diz

    Fagner Diaz, vc que recebeu poderia me explicar. Eu fui aprovado, tenho todos o direito. O dinheiro está no sait do Dataprev, mais não caiu no Caixa Tem. Será que ainda tenho chance de receber? O seu demorou pra entrar? Pq o meu diz que estava liberado em 30.12.2021 e eu só soube agora.

  2. Edson Diz

    Nao entendi foi nada nesta seleção de isncritos,sou pai solteiro crio meu filho sozinho e tenho ele no meu grupo familiar no cadastro único e não vi foi nada deste dinheiro

  3. Tatiana Diz

    Quem tem direito e não recebeu, tem que ligar no banco da Caixa Econômica Federal.

  4. Marinilda da Silva Carette Diz

    Não tenho emprego preciso de ajuda

  5. Nayara Diz

    Será que isso é verdade? Meu irmão cuida do filho dele sozinho não está trabalhando por conta do menino ser pequeno e não mora próximo a família mora na capital e nos interior. Tomara que saia pq até agora não apareceu nenhum valor

  6. Leandro Diz

    Eu sigo todos os requisitos, mas o governo não libera com a desculpa que recebo auxílio acidente inss ( r$ 734,00) como se esse valor fosse suficiente para 2 filhos menores

  7. Fagner Diz

    E sim que eu recebi o meu.

  8. Eva Aparecida Kiathecoski Diz

    Sou solteira e criei meu sobrinho desde oito meses hoje ele está com dez anos e morra comigo não tenho emprego nem renda nenhuma

  9. Angela Diz

    Boa Noite moro em MG e fiz a inscrição em 2020 e na primeira análise foi negado não sábia q teria uma segunda análise,é quando em 2021 fui tentar ver se tinha direito pq tinha é contínuo precisando vi q na segunda análise fui aprova com 4 parcelas de 1.200 e não consegui sacar pq foi devolvido por motivo de não saque será que consigo reaver essas parcela?desde já agradeço

  10. Rogerio Diz

    Nao tem no site da dataprev um canal para recorrer porque tinha tosas os requisitos e não fui aprovado do pai solteiro

  11. Cristiane Maria Moreira Penna e Costa Diz

    Será verdade? Estou desempregada e precisando muito!! 😭😭😭

  12. Joel Pereira Machado Diz

    Sou pai solteiro com a guarda da minha filha, porém não consta o CPF dela no meu cadastro. Atendo todos os requisitos.

  13. Wislei Gonçalves maia Diz

    Verifico e só aparece as parcelas que já forao pagas.alguem poderia me explicar.

  14. Fagner Diz

    Sim e verdada eu ja recebi. Assim que cai na conta vc pode tira.

  15. Bernadete Santos Souza Diz

    Sou mãe chefe de família, tenho uma filha menos de idade e nunca recebi 1.200,00 reais, não recebo nem pensão do indivíduo pai dos meus filhos, não por não procurar os meus direitos, já fiz isso. Mas infelizmente a justiça nesse país só funciona para os ricos. Eles deveriam revisar tbm as mães que não receberam o que era justo.

  16. Soecia Alves Malaquias Diz

    Será que e verdade preciso muito

  17. Eduardo bernardo dias Diz

    Tenho todos os requisitos mas até agora 12 01 22. Não consta esses valores em conta . Será que e verdade ????? Abs

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.