Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: pagamentos retornam dentro de uma semana

Daqui a exatamente uma semana, o Governo Federal deverá retomar os pagamentos do Auxílio Brasil. Veja calendário

Daqui a exatamente uma semana, o Governo Federal deverá retomar os pagamentos do Auxílio Brasil. Na próxima quinta-feira (18), as liberações acontecerão para as pessoas que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1. Não é necessário realizar nenhum tipo de solicitação. O dinheiro será depositado na conta de forma automática.

Durante a semana que antecede as liberações, o Ministério da Cidadania realiza os últimos preparativos para os repasses. Neste momento, a pasta analisa as contas que já estão dentro da folha de pagamentos e também faz um pente fino nos cadastros do Cadúnico para selecionar novos usuários para o programa.

Dessa forma, é possível afirmar que as pessoas que ainda não receberam nenhuma parcela do Auxílio Brasil até este momento, terão uma chance de entrar nos repasses de maio. Entretanto, é importante lembrar a necessidade em obedecer todas as regras de entrada para o programa social do Governo Federal.

As regras seguem as mesmas de sempre. É necessário ter um cadastro ativo e atualizado no Cadúnico. Quem ainda não possui um perfil na lista, pode entrar em contato com a prefeitura da sua cidade e perguntar como a seleção funciona por lá. A inscrição no Cadúnico é sempre de responsabilidade dos municípios.

Além disso, também é importante ter uma renda per capita que se encaixe nas regras do benefício. Quem recebe entre R$ 0 e R$ 105 por mês, tem o direito de entrar no programa. Quem recebe entre R$ 106 e R$ 210 também pode fazer parte da folha de pagamentos, desde que more com uma gestante ou ao menos um menor de 21 anos de idade.

Os cartões

Para o mês de maio, os usuários do Auxílio Brasil ainda não devem contar com o novo cartão do programa. Oficialmente, o Governo Federal não confirma uma data para a entrega dos dispositivos novos. Todavia, já é possível afirmar que não há mais tempo hábil para entrega neste mês.

De toda forma, a ordem dentro do Governo Federal é agilizar o processo de produção dos novos cartões. Antes disso, também é preciso decidir quantos cartões serão produzidos. Parte do Governo quer entregar os dispositivos para todos os usuários. Outra ala deseja que o cartão seja entregue apenas para uma parte dos beneficiários.

Para maio, as formas de movimentação seguem as mesmas. Quem possui o cartão do antigo Bolsa Família, pode usá-lo normalmente. Que não tem, pode usar o app do Caixa Tem para movimentar a quantia, ou gerar um código para retirar o saldo em espécie em um caixa eletrônico.

Mudanças no Auxílio Brasil

Recentemente, o Congresso Nacional aprovou uma Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil. Com a decisão, o Benefício Extraordinário do programa, que inicialmente estava previsto para ser pago até o final deste ano, deve se tornar permanente.

De todo modo, é importante frisar  que a nova regra ainda não vale oficialmente. O presidente Jair Bolsonaro (PL) precisa sancionar o texto integralmente. Assim, as regras ainda não valem para o mês maio.

Entretanto, mesmo imaginando um cenário em que a regra já estivesse em vigor, o valor do Auxílio Brasil também não passaria por uma alteração. Mesmo com as mudanças, os patamares dos pagamentos devem seguir de, no mínimo, R$ 400.

Confira abaixo o calendário completo do Auxílio Brasil:

Reprodução: Ministério da Cidadania
Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.