Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2/5 - (3 votes)

Auxílio Brasil 2021/2022: AUMENTO do benefício para 23 milhões

De acordo com proposta do PSOL, Governo Federal precisa aumentar o alcance do Auxílio Brasil para cerca de 23 milhões

O Governo Federal já começou efetuar os pagamentos do seu Auxílio Brasil. Desde novembro, algo em torno de 14,5 milhões de brasileiros estão recebendo os valores do novo programa social. Mas, mesmo depois do início dos repasses, algumas pessoas ainda estão tentando mudar o formato do projeto em questão.

Nesta semana, o PSOL, que é um partido de oposição ao Presidente Jair Bolsonaro, propôs que o governo federal passe a aumentar o número de beneficiários a partir de janeiro. De acordo com a agremiação política, o ideal seria fazer o programa chegar a cerca de 23 milhões de brasileiros a partir do próximo ano.

Para isso, o PSOL quer que o Governo mude mais uma vez as métricas de limite de pobreza, que passaria de R$ 200 para R$ 500, ou seja, meio salário mínimo. Já a condição de extrema-pobreza passaria dos atuais R$ 100 para algo em torno de R$ 275. Com isso, se ampliaria o círculo de possíveis usuários do programa.

Vale lembrar que o Governo Federal está prometendo aumentar o número de usuários do Auxílio Brasil, porém, não seria algo tão grande assim. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 17 milhões de pessoas irão receber o benefício. Seria, portanto , um aumento de pouco mais de 2 milhões de brasileiros.

O PSOL alega que o Governo Federal tem condições de aumentar esse contingente, uma vez que a PEC dos Precatórios já foi aprovada pelo Congresso Nacional. Como se sabe, o documento em questão abre mais espaço no orçamento do que se esperava inicialmente. O Planalto ainda não se manifestou sobre o assunto.

Quais as chances?

Apesar do pedido do PSOL e da pressão de boa parte da população, as chances desse aumento de usuários acontecer é quase nula. Pelo menos é o que dá para tirar de informações de bastidores sobre esse assunto.

Pelo que se sabe até aqui, o Governo Federal está firme na ideia de aumentar o número de beneficiários para a casa dos 17 milhões, e só. Qualquer coisa além disso, eles afirmam que poderá ser um desastre para as contas públicas.

Quem está recebendo em dezembro?

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 14,5 milhões de brasileiros estão recebendo o Auxílio Brasil neste momento, sendo os mesmos que estavam recebendo o Bolsa Família até o último mês de outubro.

Além deles, ninguém conseguiu entrar no projeto em questão. Como dito, novas entradas só deverão acontecer mesmo a partir do próximo mês de janeiro de 2022.

Órfãos do Auxílio Emergencial

Se o Governo Federal vai inserir apenas 2,4 milhões de pessoas em janeiro, então dá para adiantar que eles não irão conseguir atender todo mundo, muito menos todo o pessoal que estava no Auxílio Emergencial até o último mês de outubro.

Esse público está pedindo uma solução do Governo Federal. É que, de acordo com as informações oficiais, eles estão há mais de dois meses sem receber nenhuma ajuda  em meio a um país tomado pela inflação.

2/5 - (3 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Rafael Oliveira Sousa Diz

    Av. São Dimas 50

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.