ATENÇÃO Segurados do INSS: Ligação aguardada sobre perícia médica começa hoje

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a ligar nesta segunda-feira (25) para segurados que estejam aguardando perícia médica para concessão de benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) há mais de 45 dias. O objetivo é antecipar o benefício por meio do Atestmed.

O INSS é uma autarquia do governo federal responsável por receber as contribuições dos trabalhadores para a manutenção da Previdência Social. O órgão paga aposentadorias, pensões por morte, auxílio-doença e outros benefícios para aqueles que adquiriram o direito a esses rendimentos.

O que é o Atestmed?

O Atestmed é uma ferramenta criada pelo INSS para agilizar a concessão de benefícios por incapacidade temporária. Por meio dele, os segurados podem enviar atestados médicos digitalmente, evitando a necessidade de agendamento de perícia médica.

Quantos segurados serão beneficiados?

Atualmente, a fila de pedidos que precisam passar por perícia médica para concessão do benefício está em 1,1 milhão de pessoas, sendo 627 mil perícias médicas iniciais, 250 mil avaliações de exames para Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa com deficiência e 300 mil de outras perícias.

Quais são os prazos?

O prazo máximo para concessão do benefício por meio do Atestmed é 180 dias e, caso o segurado tenha o benefício negado, terá prazo de 15 dias para realizar novo requerimento.

Como enviar a documentação?

O envio da documentação necessária para a concessão do benefício por incapacidade temporária deverá ser feito por meio dos canais remotos de atendimento – Meu INSS (acessível por aplicativo ou página web) e Central de Atendimento 135.

Que documentos são necessários?

A documentação médica ou odontológica apresentada pelo segurado na hora do requerimento deve ser legível e sem rasuras, contendo, obrigatoriamente, as seguintes informações: Nome completo do segurado, data de emissão do documento, diagnóstico por extenso ou código da Classificação Internacional de Doenças (CID), assinatura e identificação do profissional emitente, data do início do afastamento e prazo necessário estimado para o repouso.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia hoje um novo procedimento para agilizar o contato com os segurados que aguardam perícia médica para concessão de benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) há mais de 45 dias.

O que muda no contato com o cidadão

Para facilitar esse contato com o cidadão, a Central de Atendimento 135 passará a ter um novo número. Desta forma, quando o INSS ligar para remarcar atendimento ou para confirmar ou antecipar agendamento de perícia médica e/ou avaliação social, o número (11) 2135-0135 aparecerá na tela de chamada do telefone do segurado. É importante ressaltar que este número não recebe chamadas telefônicas nem possui WhatsApp.

Como evitar golpes

Com o intuito de evitar possíveis golpes, o INSS recomenda que, caso o cidadão fique em dúvida se deve atender a ligação ou acredite que é vítima de fraude, faça uma chamada gratuita para o número 135. Além disso, o número do SMS da Central 135 continua sendo o 28041. Portanto, se o segurado receber uma mensagem no celular com esse número, pode ter certeza de que é o INSS entrando em contato.

Informações que o INSS não solicita

O INSS informa que não entra em contato com o segurado para pedir número de documentos, foto para comprovar a biometria facial, número de conta corrente ou senha bancária.

“O INSS somente entra em contato com o segurado para antecipar atendimento, remarcar consulta, dar informação sobre requerimento, entre outros serviços. E, mesmo assim, é o instituto que informa os dados. Se receber ligação solicitando suas informações ou foto de documento, fuja. É golpe!”, alertou o INSS.

Serviços oferecidos pela Central 135

Pela Central 135, é possível fazer inscrição junto à Previdência Social, requerer benefícios, agendar atendimento em uma agência, consultar resultado de perícia médica e data de pagamento de benefício, fazer denúncia anônima, entre outros. O segurado também pode conversar com um atendente para obter informações a respeito dos benefícios da Previdência Social.

O horário de atendimento é de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília), mas o atendimento eletrônico ocorre 24h por dia, todos os dias da semana.

Situação atual da fila de pedidos do INSS

Atualmente, a fila de pedidos que precisam passar por perícia médica para concessão do benefício está em 1,1 milhão de pessoas, distribuído em: 627 mil perícias médicas iniciais, 250 mil avaliações de exames para Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa com deficiência, e 300 mil de outras perícias.

Mutirão do INSS

Em 16 estados brasileiros, o INSS está realizando um mutirão para diminuir a fila de espera por perícias médicas.

Essas são as principais informações sobre a ligação que o INSS começará a fazer a partir de hoje para antecipar a perícia médica. Fique atento e evite cair em golpes. Caso tenha dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento 135.

Os segurados do INSS que estão aguardando perícia médica para concessão de benefício por incapacidade temporária há mais de 45 dias devem ficar atentos a possíveis ligações do órgão. A medida visa agilizar o processo de concessão dos benefícios e diminuir a fila de espera. Entretanto, é importante ressaltar a importância de não fornecer dados pessoais ou bancários durante esses contatos, pois o INSS não solicita esse tipo de informação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.