14º SALÁRIO dos aposentados e pensionistas será pago pelo INSS?

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem sido alvo de muita expectativa nos últimos anos quanto ao pagamento do 14º salário para aposentados e pensionistas. Essa medida tem gerado grande interesse na população brasileira, especialmente em tempos de pandemia, em que muitas pessoas enfrentaram dificuldades financeiras.

Neste artigo, vamos abordar em detalhes o projeto de lei que propõe a implementação do 14º salário, o seu atual status e o que podemos esperar no futuro.

O Projeto de Lei e sua Proposta

O Projeto de Lei 4367/2020, apresentado pelo Deputado Pompeo de Mattos, busca estabelecer a concessão do 14º salário aos aposentados e pensionistas do INSS. A intenção é compensar as perdas financeiras enfrentadas por essa parcela da população, especialmente durante a pandemia, em que muitos viram seus recursos diminuírem.

A proposta prevê que o 14º salário seja concedido aos aposentados durante um período de dois anos. No entanto, é importante ressaltar que o projeto continua em tramitação e precisa ser avaliado e aprovado tanto pela Câmara dos Deputados quanto pelo Senado Federal antes de entrar em vigor.

Após essa etapa, a proposta ainda deve ser sancionada ou vetada pelo atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva.

Quem Terá Direito ao 14º Salário?

Caso o projeto de lei seja aprovado e implementado, alguns grupos de beneficiários do INSS serão contemplados com o 14º salário. Entre os beneficiários estão:

  1. Aposentados;
  2. Pensionistas;
  3. Beneficiários do auxílio-reclusão;
  4. Beneficiários do auxílio-acidente;
  5. Beneficiários do auxílio-doença.

No entanto, é importante ressaltar que o projeto não abrange aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a Renda Mensal Vitalícia (RMC), que são benefícios de caráter assistencial.

O Status do Projeto

Atualmente, o projeto de lei encontra-se em análise no Senado Federal. Após ter recebido parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em 2022, o projeto passou a ser avaliado por outras comissões, o que estendeu o tempo de aprovação.

Carlos Lupi, Ministro da Previdência, mencionou que, apesar das discussões em torno do tema, a implementação do 14º salário em 2023 seria inviável dentro do atual orçamento. Além disso, não há uma data definida para a votação e efetivação do projeto.

O Valor do 14º Salário

Segundo o projeto de lei, o valor do 14º salário será equivalente ao dobro do abono anual já estabelecido, ou seja, será equivalente a dois pagamentos do 13º salário. O teto do valor a ser recebido é de dois salários mínimos, que atualmente somam R$ 2.640.

As Etapas para a Aprovação do Projeto

A aprovação do projeto de lei que estabelece o pagamento do 14º salário para aposentados e pensionistas do INSS segue algumas etapas. São elas:

  1. Avaliação e aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça;
  2. Votação na Câmara dos Deputados;
  3. Votação no Senado Federal;
  4. Sanção ou veto do presidente.

Ademais, o pagamento do 14º salário para aposentados e pensionistas do INSS tem despertado grande interesse na população brasileira. Embora o projeto de lei esteja em tramitação, é importante ressaltar que ainda não há certezas acerca de sua aprovação e implementação. Recomenda-se que os interessados acompanhem as atualizações oficiais sobre o assunto.

Fique atento às notícias e aos comunicados do INSS para obter informações atualizadas sobre o pagamento do 14º salário. Caso aprovado, essa medida pode trazer alívio financeiro para muitos aposentados e pensionistas do país, mas é fundamental aguardar a conclusão do processo legislativo para obter mais detalhes sobre a implementação dessa medida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.