Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Volta às aulas: Dicas de segurança para alunos no transporte público

Com a volta às aulas, os cuidados necessários para evitar a contaminação e a disseminação da Covid-19 devem ser reforçados. O uso do transporte público pelos alunos, por exemplo, representa uma preocupação até mesmo para as autoridades sanitárias.

Em São Paulo, por exemplo, as aulas presenciais já acontecem na rede estadual e particular, assim como em escolas de diversos municípios.

Vale lembrar que, por enquanto, o retorno presencial é facultativo e as escolas devem seguir todos os protocolos sanitários, como:

  • menor capacidade máxima para o recebimento de alunos
  • uso contínuo de máscaras e álcool em gel
  • evitar atividades que promova aglomerações
  • apenas os professores com menos de 60 anos e sem comorbidades

Confira abaixo dicas para que pais e alunos possam ter mais tranquilidade e segurança ao usar o transporte público no trajeto para as aulas.

Evite aglomerações e busque percursos curtos

Antes de sair de casa, use as ferramentas digitais, como aplicativos de Mobilidade Urbana, para traçar os melhores caminhos e criar rotas mais rápidas, de preferência intercalando os diferentes modais que Belo Horizonte oferece como ônibus, linhas de metrô, bicicletas compartilhadas e transportes individuais.

Durante o trajeto, use máscaras de proteção, procure manter distância de, pelo menos 2 metros das outras pessoas, prefira manter as janelas abertas para a circulação de ar e evite contato físico, como apertos de mãos, abraços e beijos.

Saiba o horário do transporte

Acompanhe as informações em tempo real para saber o horário exato de chegada do ônibus ao ponto, para não ficar exposto ao risco enquanto espera. Veja ainda a situação de cada linha, como suspensões, atrasos e lotação, e procure viajar nos horários com menos movimento.

No Quicko App também é possível acompanhar em tempo real a situação dos diferentes meios de transportes que a cidade oferece, além de receber alertas e notificações de possíveis ocorrências ao longo do caminho.

Use álcool em gel antes de tocar no rosto

Se optar pelo transporte individual com modais compartilhados, evite pedalar em locais com grande concentração de pessoas. Após o uso, não toque no rosto, principalmente em olhos, boca e nariz, antes de higienizar as mãos com água e sabão, sempre que possível, ou álcool em gel 70%.

Quando tossir ou espirrar, não retire a máscara e proteja a boca com a parte interna do antebraço ou com lenço descartável.

Reporte falhas no transporte

Se encontrar dificuldades durante o trajeto, reporte os problemas, como super lotação do coletivo, atraso nas linhas, defeitos e avarias nos ônibus, por exemplo, para ajudar os órgãos oficiais a solicitar melhorias para que os usuários viajem com toda a segurança necessária.

Fique atento ao saldo do cartão

Antes de iniciar a viagem cheque o saldo disponível no Bilhete Único ou outro cartão que tenha em sua cidade para acessar o transporte público. Caso precise recarregá-lo, prefira os meios digitais como o Quicko app para evitar aglomeração nas filas para recarrega e assim agilizar a viagem.

Ao utilizar o celular em lugares com alto fluxo de pessoas, lembre-se de higienizar os aparelhos com álcool 70%.

E então, gostou das dicas?

Não deixe de ler também – SP: Volta às aulas presenciais será opcional na fase amarela

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.