Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

URGENTE: SMS de devolução do Auxílio Emergencial

A Caixa deve enviar nesta semana uma mensagem sms solicitando a devolução de recursos do Auxílio Emergencial. Bem como a possível contestação do Auxílio Emergencial cancelado. Portanto, isso deve acontecer a partir de hoje (21) e se estender amanhã (22).

Devem receber o sms um total de 1,2 milhão de pessoas identificadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Tribunal de Contas da União (TCU) como beneficiários indevidos do Auxílio Emergencial. Algumas delas já chegaram até a devolver recursos e já tiveram o Auxílio Emergencial cancelado.

Igualmente, muitos brasileiros já tiveram o Auxílio Emergencial cancelado por terem recebido o dinheiro indevidamente. Ou seja, não se enquadravam nas regras estipuladas pelo Governo Federal. Estes também devem restituir os valores já recebidos.

Todavia, entre os motivos de devolução do Auxílio Emergencial, estão pessoas que acumularam benefícios, passando a receber por meio de dois programas do governo.  Além do Auxílio Emergencial, essas pessoas recebiam também, como, por exemplo, aposentadoria, seguro-desemprego, entre outros.

As pessoas que também não se enquadravam na faixa salarial devem devolver todas as parcelas recebidas até agora.

Evite fraudes: saiba reconhecer o SMS

Logo, para isso, é importante seguir alguns passos. Confira:

– Confirme o número de telefone: deve ser 28041

– A mensagem deve conter dois itens: CPF do beneficiário e o link do site do Ministério da Cidadania.

Se o SMS não bater com as informações acima, ignore-o.

Como recorrer da decisão?

Mesmo com o envio do SMS solicitando a devolução do Auxílio Emergencial é possível reverter à situação.

Se você não concorda com a analise pode recorrer até o dia 31 de dezembro pelo site da Dataprev.

Após este prazo, se não houver manifestação, o beneficiário ficará obrigado a devolver o dinheiro recebido.

Como devolver o Auxílio Emergencial?

Basta o cidadão acessar o site clicando aqui e inserir o CPF do beneficiário. Após a digitação do CPF do beneficiário alguns dados podem ser solicitados e, na sequência, será necessário emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU).

O pagamento deve ser feito no Banco do Brasil, seja pela internet, caixas eletrônicos ou atendimento presencial.

Devoluções

Os valores devolvidos até a última divulgação já somavam cerca de R$ 230 milhões, repassados por mais de 190 mil beneficiários, de acordo com um levantamento realizado pelo site e app do Auxílio Emergencial.

Denúncias 

Saiba que se você conhece alguém que recebeu o Auxílio Emergencial indevidamente é possível denunciar por meio do:

– sistema Fala.Br (Plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da CGU).

Por fim, é possivel acessar os beneficiários pelo Portal da Transparência.  

É possível realizar a pesquisa:

  • Por estado, município e mês.
  • E buscar por nome e CPF

Veja mais em:

https://noticiasconcursos.com.br/direitos-trabalhador/auxilio-emergencial-comeca-hoje-a-ultima-semana-de-pagamento-veja-quem-recebe/

 

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.