Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

SAIU! Bolsa Família já têm data para liberar prorrogação do auxílio emergencial

Ao contrário dos informais, os usuários do Bolsa Família já podem se programar para receber a prorrogação do Auxílio Emergencial

Cerca de 10 milhões de brasileiros já sabem quando irão começar a receber a prorrogação do Auxílio Emergencial. Esse é o grupo de pessoas que recebem o benefício através do Bolsa Família. Para eles, a primeira parcela do mês adicional vai começar a cair no próximo dia 18 de agosto deste ano.

Essas pessoas sabem disso porque o calendário que elas seguem é aquele que é fixo no Bolsa Família. Então na prática, elas não precisam esperar por uma definição de datas do Governo Federal. Basta portanto seguir os dias em que eles receberiam o programa anterior se não estivessem recebendo o Auxílio Emergencial.

Vale lembrar que as datas para o recebimento desse benefício são escalonadas. Elas obedecem portanto o algarismo final do Número de Inscrição Social (NIS). Portanto neste dia 18 de agosto, apenas as pessoas que terminam em 1 é que poderão receber a primeira parcela da prorrogação do Auxílio.

O calendário vai seguir normalmente pelos últimos dias do mês de agosto até chegar no dia 31, quando as pessoas que possuem NIS terminando em 0 receberão o dinheiro. Quando esse dia chegar, todos os quase 10 milhões de brasileiros que estão neste grupo terão recebido a primeira parcela da prorrogação.

Vale lembrar, no entanto, que antes dessa prorrogação, essas pessoas ainda precisam receber a quarta parcela dessa primeira fase do Auxílio. Ainda de acordo com o calendário oficial, esse dinheiro do quarto ciclo vai começar a sair ainda no próximo dia 19 de julho para as pessoas que possuem o NIS terminando em 1.

Bolsa Família

Ao contrários dos informais, os brasileiros que estão recebendo o Auxílio Emergencial através do Bolsa Família seguem apenas um calendário. Ele vai apontar a data da liberação do benefício, que é a mesma do saque.

Na prática, isso quer dizer que essas pessoas não precisam esperar alguns dias para sacar o dinheiro. Assim que o Governo faz a liberação da parcela, elas podem escolher entre pegar a quantia viva ou ainda movimentar no Caixa Tem.

Para os informais, é preciso seguir dois calendários. Eles recebem a quantia de forma digital no primeira data e precisam esperar mais alguns dias para poderem tirar o dinheiro vivo em um caixa eletrônico.

Depois do Auxílio

De acordo com o Ministério da Cidadania, os quase 10 milhões de brasileiros do Bolsa Família que estão recebendo o Auxílio neste momento não precisam se preocupar com a questão do novo programa do Governo Federal.

É que independente das mudanças que o Planalto fizer, essas pessoas poderão voltar automaticamente para o Bolsa Família. Como o Auxílio deve realizar pagamentos até outubro, então o projeto novo começa em novembro.

No entanto, o Governo ainda não divulgou alguns detalhes deste novo programa. Ainda não dá para saber, por exemplo, qual vai ser o valor médio desses pagamentos, nem quantas pessoas novas poderão entrar no projeto em questão. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.