Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

RJ: Prefeito quer retorno das aulas o mais breve possível

De acordo com o atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que tomou posse no último dia 1º de janeiro, as aulas na rede municipal de ensino devem voltar o mais rápido possível. Ele expressou esse anseio durante encontro com a imprensa na manhã deste sábado (2).

Para Paes, manter crianças e adolescentes fora das escolas chega a ser um “crime” contra elas, assim como contra o futuro da capital fluminense. Vale lembrar que as escolas permanecem fechadas desde o mês de março de 2020 em razão da pandemia do novo coronavírus.

“Sou a favor que a gente retome as aulas normais, com a maior brevidade possível. Não é possível você ter shopping center aberto, as praias abertas, as pessoas andando de BRT e as crianças sem aula. É impressionante, tudo abriu menos a aula. Isso é uma daquelas consequências terríveis da doença. A gente tem casos de criança esquecendo como escreve o nome, e a gente não pode deixar isso, isso é um crime com as crianças, com o futuro do país e com o futuro da nossa cidade”, afirmou o prefeito.

Calendário divulgado em breve

O calendário para o ano letivo de 2021 no Rio de Janeiro ainda não foi estabelecido. Contudo, de acordo com Paes, essa definição ocorrerá com calma e juntamente com a secretaria de saúde.

“Vamos fazer isso tomando os devidos cuidados. Professores em idade de risco e com comorbidades, tudo isso vamos olhar com muita atenção, esperando que a vacinação também possa trazer essa tranquilidade”, assumiu.

O plano de enfrentamento à Covid-19 será estudado na manhã deste domingo (3) após reunião com o secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, assim como com governador em exercício Cláudio Castro.

Segundo o secretario de educação, Renan Ferreirinha, o plano de retorno das aulas deve ficar pronto na próxima semana.

“Nosso foco é uma volta segura às aulas e este assunto está sendo debatido com profissionais da Educação e da Saúde. Assim que o cronograma estiver fechado, iremos divulgá-lo. Além disso, estamos trabalhando para que as matrículas sejam feitas da melhor forma possível”, declarou Ferreirinha.

Poucos alunos na volta às aulas

Em novembro de 2020, alunos do 9º ano do ensino fundamental da Rede Municipal de Educação puderam retornar às escolas. No entanto, notou-se que poucos alunos voltaram às aulas presenciais.

A saber, a medida valeu apenas para os alunos dos anos finais do Ensino Fundamental – 9º ano, último ano do Programa de Educação de Jovens e Adultos (PEJA) e do Carioca 2 (projeto de correção de fluxo) das escolas públicas municipais cariocas.

Professores, alunos e demais profissionais de Educação incluídos no grupo de risco não precisaram voltar para as aulas presenciais.

Leia também – Rio de Janeiro: Filmes sobre os problemas enfrentados pela cidade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.