Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.6/5 - (18 votes)

RETROATIVO do auxílio emergencial: Saiba como receber

Governo Federal ainda não divulgou uma data para os pagamentos do retroativo do Auxílio Emergencial, mas já dá para saber de alguns pontos

O Governo Federal bateu o martelo e decidiu que vai pagar um retroativo do Auxílio Emergencial. Isso já está confirmado. O próprio presidente Jair Bolsonaro assinou uma Medida Provisória (MP) liberando o montante de R$ 1,4 milhão para os pagamentos desse adicional.

O fato, no entanto, é que ainda não dá para saber quando esse dinheiro vai chegar de fato no bolso dos usuários. Nem o Ministério da Cidadania e nem mesmo o Palácio do Planalto divulgaram essa informação de maneira oficial ainda. De qualquer forma, o que se sabe é que essa informação poderá sair a qualquer momento.

Por isso, é muito importante prestar atenção no caminho que você deve fazer para consultar se você estará na lista ou não. Pelo que se sabe, é preciso ter em mãos o aplicativo ou site oficial do Auxílio Emergencial. Atenção: não é o do novo Bolsa Família. É o do programa antigo que chegou ao fim em outubro.

No site ou app oficial do Auxílio Emergencial, é preciso inserir alguns dados pessoais como CPF, nome completo, data de nascimento e também o nome completo da mãe. Caso o cidadão não saiba quem é a sua genitora, então ele vai ter a opção de marcar a caixa com o título “Mãe desconhecida”.

Pronto. Logo depois disso, basta clicar no botão “Enviar”. O próprio sistema vai mostrar como está a situação da sua conta. É um sistema muito semelhante ao que tínhamos durante as consultas do Auxílio Emergencial quando o programa em questão ainda estava fazendo pagamentos.

Não deve sair agora

Mas quem correr agora até o app oficial, fizer a pesquisa e não encontrar nada, não vai precisar se assustar. É que muito provavelmente esses resultados ainda não passaram por uma divulgação. Então, não é preciso entrar em pânico por isso.

A tendência é que o Governo Federal dê mais informações sobre isso ainda nesta semana. Como dito, o dinheiro já está liberado. Falta apenas a confirmação dos usuários para que os pagamentos únicos possam começar a ocorrer.

Quem deve receber

De acordo com informações do próprio Ministério da Cidadania, a ideia aqui é atender os pais solteiros que receberam R$ 600 durante os cinco primeiros pagamentos do Auxílio Emergencial, ainda em 2020.

Pela regra, esses pais deveriam ter recebido R$1,2 mil por mês, e não R$ 600. Por isso, agora eles possuem o direito de pegar essa diferença. Pelo menos é isso o que se sabe até este momento. Só falta saber a data.

Posso acumular os dois auxílios?

Sim. É possível acumular o dinheiro desse retroativo do Auxílio Emergencial e também o do novo Bolsa Família. Mas um programa não tem relação com o outro, e vai ser preciso entrar nas regras dos dois benefícios.

Então um pai solteiro que tenha recebido R$ 600 em 2020 e que depois disso tenha começado a receber o Auxílio Brasil está dentro da folha de pagamentos dos dois projetos. Então ele vai poder receber as duas liberações.

4.6/5 - (18 votes)
4 Comentários
  1. Adriana Diz

    Queria saber do meu auxílio 2022

  2. Dulcemara aparecida Diz

    Pra mim não tá valendo nada já cansei de fazer o cadastro e fala a mesma merda tô fora mesmo desse auxílio vou continuar sem auxílio mesmo eu que não faço meus bicos não pra ver se eu tenho alguma coisa dentro da minha casa pra comer 😡😡

  3. Marcelo Gonçalves Diz

    Sou caminhoneiro e estou precisando porque estou parado não estou trabalhando

  4. Adriano Marques De Souza Diz

    ADRIANOSOUZA.MARQUES1976@GMAIL.COM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.