Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

República da Espada: três tópicos que você precisa dominar

Três tópicos que serão cobrados

República da Espada: vai cair na sua prova!

O termo “República da Espada” é utilizado em referência ao período que ocorreu entre os anos de 1889 e 1894, quando o Brasil foi governado por militares.

Diversos tópicos do tema são explorados por questões de história do Brasil em vestibulares, concursos, vestibulares militares e na prova do ENEM.

Assim, para que você se prepare de forma adequada, o artigo de hoje selecionou três tópicos de extrema importância sobre a República da Espada que estarão nas suas provas. Confira!

A Crise do Encilhamento

Durante o governo do Marechal Deodoro da Fonseca, uma nova política econômica foi criada: a política do encilhamento.

As diretrizes foram idealizadas por Rui Barbosa, Ministro da Fazenda, e tinham como objetivo incentivar a industrialização e a modernização do Brasil por meio da emissão de papeis-moeda.

Porém, os resultados dessa política foram extremamente negativos e, em pouco tempo, ela fracassou, gerando uma forte crise: a crise do encilhamento.

A crise se iniciou porque mais papel moeda do que o necessário passou a estar em circulação no país, o que fez com que a moeda brasileira se desvalorizasse fortemente. Nesse cenário, muitas indústrias faliram e as taxas de desemprego cresceram consideravelmente.

O Marechal de Ferro

O Marechal Floriano Peixoto foi o segundo militar a assumir o governo da República da Espada, após a renúncia de Deodoro da Fonseca.

Porém, Peixoto ficou conhecido como “o marechal de ferro”. Esse apelido foi criado após as atitudes do marechal perante as diversas revoltas que aconteciam no país.

Durante o mandato de Floriano, duas grandes revoltas aconteceram: a Revolução Federalista, que aconteceu no Rio Grande do Sul, em 1893, e a Revolta da Armada, que ocorreu no Rio de Janeiro, em 1893.

Os dois movimentos foram violentamente reprimidos pelas tropas de Floriano Peixoto. Assim, podemos dizer que a sua maneira violenta e dura de reprimir os conflitos foi a responsável por garantir o seu apelido.

O governo provisório

Ao contrário do que muitos pensam, o governo de Deodoro da Fonseca não se iniciou no ano de 1889. Isso porque, é nesse ano que, após a Proclamação da República, inicia-se um governo provisório no país.

O governo provisório, que será liderado por Deodoro, foi marcado pela crise do encilhamento e pela promulgação da Constituição de 1891.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.