Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Relativismo Cultural: resumo para ENEM e vestibulares

Confira!

Relativismo Cultural: tudo o que você precisa saber

O  termo “relativismo cultural” se refere à uma ideia da disciplina de sociologia que discursa sobre os valores culturais.

O assunto é abordado com grande frequência pelas principais provas do país, com um destaque para aquelas dos vestibulares e da prova do ENEM.

Assim, para te ajudar, o artigo de hoje trouxe um resumo sobre o tema. Confira!

Relativismo Cultural: introdução

O relativismo cultural é uma perspectiva da sociologia e da antropologia que defende a busca pela compreensão dos valores culturais de uma sociedade, sem julgar ou condenar os mesmos.

Essa ideia existe desde a Antiguidade, quando o pensador Protágoras cria uma escola filosófica que defende justamente a compreensão de todas as culturas.

O relativismo cultural ganha força, porém, somente no final do século XIX, quando o sociólogo Franz Boas inicia uma busca pelo fim do etnocentrismo e do positivismo.

Relativismo Cultural: contexto histórico

Como sabemos, Auguste Comte fundou, no século XIX, a escola positivista, a qual defendia a ideia de que os moldes sociais da Europa Ocidental representavam o progresso científico e, dessa maneira, deveriam ser considerados o padrão ideal a ser seguido. Assim, a partir dessa ideia, qualquer outra cultura fora desse padrão era considerada inferior.

Nesse contexto, anos depois da fundação da sociologia por Comte, Boaz consolida a ideia do relativismo cultural para se comportar como uma corrente oposta àquela do pai da sociologia, defendendo que toda cultura precisa ser avaliada com base em seu próprio contexto.

Relativismo Cultural: conceitos

O relativismo cultural possui como base 2 conceitos principais. São eles:

  • Relativismo: conceito que prega a não existência de uma verdade absoluta e que, dessa forma, propõe uma abordagem sem julgamentos culturais pré-concebidos.
  • Cultura: o termo se refere ao conjunto de elementos imateriais e materiais pertencentes à uma mesma comunidade, incluindo, por exemplo, os costumes e tradições de um grupo social.

Sendo assim, o relativismo cultural busca entender povos e culturas a partir de suas próprias crenças, respeitando a dinâmica social da população em questão. Assim, os defensores dessa perspectiva não emitem um julgamento sobre as práticas, excluindo termos “certo” e “errado” e “superior” e “inferior” de suas análises.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.