Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Reformulação do Bolsa Família; confira as últimas discussões e valores

O valor médio concedido a esse público é de R$ 192 mensais. No entanto, em breve essas proporções serão elevadas.

Atualmente, o Bolsa Família atende cerca de 14 milhões de famílias brasileiras consideradas pobres e extremamente pobres. O valor médio concedido a esse público é de R$ 192 mensais. No entanto, em breve essas proporções serão elevadas.

Isso porque o Governo Federal está reformulando o programa social de distribuição de renda. Portanto, não somente os valores, mas a quantidade cidadãos amparados pela medida será maior. A expectativa é que o novo programa seja lançado ainda este ano.

Novo valor dependerá da reforma do IR

O novo valor do Bolsa Família será definido pela reforma do Imposto de Renda, que está sob responsabilidade do Congresso Nacional. A intenção, é utilizar os ganhos com arrecadação dos tributos e dividendos para possibilitar o financiamento permanente da ampliação do novo valor.

Portanto, segundo informações, o resultado de redução da alíquota proposta de 20% a 15% pode interferir o valor médio pago aos beneficiários do programa social.

Quanto será o novo valor?

O presidente da república, Jair Bolsonaro, anunciou que o valor médio para a reformulação do Bolsa Família seria equivalente a R$ 300, valor superior ao que estava sendo discutido no Governo (R$ 250).

Entretanto, o seu próprio filho, o senador Flávio Bolsonaro, informou que o novo valor médio para o programa seria estabelecido em cerca de R$ 270, visando a “correção de rota”.

Como mencionado, o lançamento para o novo programa deve ocorrer ainda em 2021. Caso contrário, a proposta será arquivada, uma vez que 2022 será um ano eleitoral, impossibilitando a implementação de qualquer medida dessa espécie no período em questão.

Logo, a reformulação deve ser liberada ainda este ano, ou será aplicada apenas em 2023, se caso Bolsonaro for reeleito.

Veja também: Centrão pressiona para que novo Bolsa Família seja o maior possível

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.