Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Realismo: principais autores do movimento literário

Descubra!

Realismo: principais nomes

O Realismo, tanto aquele de Portugal como aquele do Brasil, foi um importante movimento literário.

Devido a essa importância, o movimento realista costuma ser um dos temas mais abordados pelas questões de português do ENEM e dos vestibulares.

Isso porque, dentre os seus principais pensadores brasileiros, encontram-se alguns de extrema relevância, como veremos a seguir.

Assim, é essencial que você domine os principais nomes do movimento. Para te ajudar, o artigo de hoje trouxe um resumo com os principais autores realistas.

Realismo: Raul Pompéia

Raul Pompéia foi um autor realista cuja característica principal era a crítica aos monarquistas e à monarquia.

Uma de suas principais obras, O Ateneu, reflete essa posição de Pompéia, já que o livro traz uma forte crítica ao ensino herdado da monarquia.

Ainda, devemos ressaltar também que dentro de O Ateneu o autor denuncia o sistema de ensino como um todo, denunciando os seus problemas e refletindo sobre as problemáticas do mesmo.

Realismo: Eça de Queirós

Em suas obras, Eça de Queirós realiza um verdadeiro inquérito sobre a sociedade portuguesa da sua época. O autor critica desde a nobreza, considerada decadente, passando pelos problemas da Igreja Católica até chegar na falta de limites das famílias mais privilegiadas.

Dentre os seus principais romances, podemos citar: O crime do padre Amaro, Os Maias, A relíquia e A ilustre casa de Ramires.

Eça de Queirós cria, então, o retrato completo da sociedade em que vivia, retratando, ainda, as suas festas, a sua linguagem, suas tradições e os seus modos de se vestir.

Realismo: Machado de Assis

Joaquim Maria Machado de Assis é considerado o maior escritor de toda a literatura brasileira. Machado de Assis frequentou somente a escola primária e ocupou uma série de cargos públicos. O escritor seria, ainda, o fundador da Academia Brasileira de Letras.

Machado de Assis iniciou-se como romântico. Porém, mesmo nessa fase, o escritor já se comportava como um realista, aplicando uma grande densidade psicológica em seus personagens, ao mesmo tempo em que criava relações sociais interesseiras entre os mesmos.

Devemos destacar que a fase realista de Machado é fundamentalmente psicológica, retratando o verdadeiro motivo das ações dos homens.

Dentre as suas principais obras, destacam-se: Helena, Memorial de Aires, Quincas Borba, Dom Casmurro e Memórias póstumas de Brás Cubas.

5/5 - (2 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.