Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Quem perdeu o emprego pode entrar no Auxílio Brasil? Entenda regras

Segundo o Ministério da Cidadania, qualquer cidadão pode entrar no Auxílio Brasil, desde que respeite as regras de entrada

Perder o emprego é uma processo complicado em qualquer situação. Em um contexto de piora nos índices da inflação, então o fato pode se tornar ainda mais dolorido para o trabalhador. Nesse sentido, o cidadão que deixa de receber o seu salário, quer saber se pode recorrer aos benefícios sociais do Governo Federal, como o Auxílio Brasil, por exemplo.

Segundo o Ministério da Cidadania, a resposta é sim. A pasta explica que qualquer cidadão brasileiro pode recorrer ao Auxílio Brasil do Governo Federal. Para tanto, é necessário atender a todas as regras de entrada do benefício. São elas: ter um cadastro ativo e atualizado no Cadúnico e ter uma renda per capita que encaixe o cidadão em situação de pobreza ou de extrema-pobreza.

Caso o cidadão obedeça as duas regras acima, ele tem direito ao recebimento do Auxílio Brasil. No caso de um indivíduo que perdeu o emprego, ele pode entrar no programa caso a renda per capita da sua família seja de algo entre R$ 0 e 105. Quem tem renda per capita que varia entre R$ 106 e R$ 210 também pode receber desde que resida com uma gestante ou um menor de 21 anos de idade.

Há situações em que o cidadão perde o emprego e ainda assim não pode entrar no Auxílio Brasil. Afinal, algumas pessoas que estão empregadas não se preocupam em entrar no Cadúnico. Além disso, há também situações em que mesmo com a perda do emprego, a renda per capita não se encaixa dentro das exigências do Ministério da Cidadania.

Por outro lado, há situações em que o cidadão pode entrar no Auxílio Brasil mesmo tendo um emprego formal. Há casos em que mesmo o dinheiro do salário não é suficiente para ultrapassar a barreira da renda per capita exigida. Assim, ele poderá seguir recebendo o saldo do trabalho e poderá acumular o montante com a quantia do Auxílio Brasil.

Como entrar no Cadúnico

O processo de entrada no Cadúnico precisa acontecer sempre de maneira presencial. O Ministério da Cidadania explica que as prefeituras de cada município são responsáveis pelo procedimento de inscrição na lista do Governo Federal.

Dessa forma, o primeiro passo que um cidadão precisa dar para entrar no Cadúnico é entrar em contato com a prefeitura para entender como o procedimento funciona por lá. Normalmente, as gestões indicam uma visita para algum Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Recentemente, o Governo Federal anunciou uma atualização no sistema do app do Cadúnico. A partir de agora, o cidadão pode iniciar o processo de entrada na lista por lá, ou seja, de maneira remota, sem precisar sair de casa.

Entretanto, o procedimento realizado no app é apenas o início da inscrição. O próprio Governo Federal explica que a conclusão do processo de entrada no Cadúnico acontece sempre de maneira presencial em local indicado pela prefeitura da cidade.

Como atualizar para receber o Auxílio Brasil

Há ainda uma situação diferente. Imagine que um cidadão perde o emprego, mas ele já está no Cadúnico. O que fazer nesta situação? O primeiro passo é verificar se os dados da lista estão atualizados para que o Governo entenda a real situação do indivíduo.

Em regra, todo usuário do Cadúnico precisa atualizar as informações da lista ao menos uma vez a cada dois anos. Além disso, ele também precisa atualizar a lista sempre que houver uma mudança estrutural na família.

Quem precisa atualizar o sistema por tempo pode realizar o procedimento pelo app do Cadúnico. Por outro lado, a alteração de informações precisa ser feita no local indicado pela prefeitura.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.