Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Preço do combustível pode subir até 20% com novo reajuste

A defasagem de preços da gasolina está atualmente em 17%, sendo ainda maior para o diesel que já chega a 21%. Mesmo com a divulgação do lucro recorde obtido pela Petrobras, que foi superior a 3.000% no primeiro trimestre do ano, o presidente da empresa, José Mauro Coelho anunciou que um novo reajuste do preço do combustível deverá ocorrer.

A justificativa está em “gerar riqueza para a sociedade”, evitando a possibilidade de desabastecimento de combustível no Brasil. Para uma parte dos especialistas, é alta a chance de haver um novo reajuste no preço dos combustíveis, pois a Petrobras já está desde 11 de março sem realizá-lo.

Se entende dentro da estatal, que já existe uma grande defasagem em relação aos valores cobrados do mercado internacional. Nesta sexta-feira, a defasagem média do diesel já estaria em 21% e da gasolina de 17% ao litro. Um relatório publicado pelo Modal ressaltou que existe um risco de novos reajustes por conta do aumento da defasagem de preços.

Preço do combustível subiu nas últimas quatro semanas

Também nesta última sexta-feira, um levantamento da Agência Nacional do Petróleo mostrou que o preço da gasolina subiu ao longo das últimas quatro semanas. Dessa forma, o valor médio do litro passou para R$ 7,283 da última semana para os R$ 7,295 nesta semana, o que marcou um novo patamar recorde com esta alta de 0,16%.

O avanço total no preço das bombas chega a 9,37%. O preço mais alto foi registrado na cidade de Tubarão, Santa Catarina, que já chega a R$ 8,999. Nesta semana, durante a apresentação dos resultados financeiros da Petrobras, o presidente da empresa, José Mauro Coelho, disse que a empresa não pode desviar o rumo dos preços praticados no mercado.

Como é feita a política de preços da Petrobras?

De acordo com a política de preços adotada, a Petrobras trata de transferir o valor cobrado na refinaria com as flutuações que ocorrem no preço do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional. O repasse ao consumidor ainda depende de outras variáveis, como a margem de distribuição e impostos.

O Brasil é importador de vários derivados, como o diesel, gás de botijão, gasolina e querosene de aviação. Antes da divulgação do resultado, na última quinta-feira, Jair Bolsonaro criticou o lucro obtido pela Petrobras, que afirmou que em um curto período de tempo esse lucro estratosférico poderia levar o país a uma catástrofe.

Mesmo com a pressão feita por Bolsonaro, Coelho lembrou que em determinados momentos e se for necessário, a Petrobras vai atuar para garantir o reajuste de preços do combustível.

Portanto, ao que tudo indica o Presidente Jair Bolsonaro demonstra uma preocupação em relação aos constantes aumentos no preço do combustível e que acaba sendo uma incômodo para boa parte dos líderes globais. De outro lado, os administradores do Petrobras atuam de acordo com a política de preços da companhia e otimizando sobretudo o lucro da empresa.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.