Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Poupança: não abdique do planejamento financeiro 

A poupança deve ser viabilizada por toda pessoa física que deseja elaborar uma reserva de emergência. Veja dicas!

A poupança deve ser viabilizada por toda pessoa física que deseja elaborar uma reserva de emergência. Entretanto, além da reserva de emergência é possível que consiga alcançar os seus objetivos por meio da poupança.

Poupança: não abdique do planejamento financeiro 

Todavia, para que você consiga direcionar uma poupança de maneira assertiva, você deve realizar um planejamento financeiro pessoal.

Muitas pessoas abdicam de um planejamento financeiro, pois não se encontram em uma situação financeira favorável. Entretanto, é importante que você conceitue que o planejamento financeiro pessoal, bem como a viabilização da poupança, são fatores oriundos dos registros de informações de sua rotina.

Não negligencie a necessidade de controlar os seus hábitos

Por isso, quando você negligencia o seu planejamento, você está apenas abdicando de registrar o que já está acontecendo, ainda que o seu fluxo atual esteja negativo.

Dessa forma, quanto mais você controlar a sua rotina financeira, melhores serão suas chances de criar um fluxo financeiro positivo. Sendo assim, faça um mapeamento de sua situação através de ferramentas de planejamentos, bem como direcione suas metas pessoais para curto, médio e longo prazo.

Você pode realizar pequenas mudanças financeiramente viáveis

Certamente, no curto prazo, você pode realizar pequenas mudanças financeiramente viáveis. Por exemplo, você pode trocar um cartão de crédito comum por uma opção sem anuidade, bem como, você pode realizar o mesmo tipo de troca no que diz respeito a sua conta bancária. Já que as fintechs oferecem contas digitais e produtos isentos de tarifas.

Dessa forma, você estará gerando economia sem abdicar do serviço prestado. Por isso, você pode verificar dentro da sua rotina quais são as mudanças possíveis e direcionar os valores para a sua poupança; ainda que sejam valores baixos.

Conceitue a poupança como um hábito

É importante que você entenda que a poupança deve ser conceituada como um hábito pessoal. Certamente, quando o seu planejamento financeiro estiver positivo, poderá definir metas de maneira mais estável. Assim sendo, você poderá adicionar um valor fixo para sua poupança, indo além da reserva de emergência.

 Modifique as suas ações contraproducentes

Entretanto, caso você não possa disponibilizar um valor fixo para essa finalidade, conceitue o hábito de poupar e coloque como sua meta pessoal modificar ações contraproducentes financeiramente. Pois, pensando dessa forma, você estará direcionando o seu caminho financeiro para que você crie um fluxo positivo e obtenha uma relação construtiva com o seu dinheiro, ainda que seja algo resolutivo apenas em longo prazo.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.