Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Por que trabalhar a inteligência emocional na escola?

Trabalhar a inteligência emocional na escola é de suma importância para construirmos um país mais desenvolvido no futuro.

Sem esse tipo de inteligência sendo explorada no ambiente escolar, corremos o risco de educarmos adultos egocêntricos, mesquinhos, egoístas e narcisistas. E sabemos que essas qualidades não são nada interessantes, não é mesmo?

Por isso, neste conteúdo nós visamos discutir esse assunto para compreendermos melhor os impactos da inteligência emocional no contexto escolar. Acompanhe!

Por que trabalhar a inteligência emocional na escola?

São diversos os motivos que podemos elencar quando pensamos no porquê trabalhar a inteligência emocional na escola. Ou seja, os impactos dessa educação emocional são inúmeros, e não apenas algo pontual.

Portanto, considere esse fator ao ler os nossos apontamentos abaixo, ok? E veja, agora, o que podemos desenvolver ao investirmos na inteligência emocional dos nossos alunos:

1- Formamos adultos mais equilibrados e felizes

As emoções fazem parte do dia a dia das pessoas. Mesmo em momentos que nos sentimos “tranquilos” ou “indiferentes”, as emoções estão agindo, de certo modo, em nossa mente e em nossos comportamentos.

Assim sendo, quando pensamos na importância de se trabalhar a inteligência emocional na escola estamos diante de uma “sementinha” que plantamos. Plantamos, assim, um futuro mais feliz e equilibrado para as nossas crianças.

Isso porque elas saberão lidar melhor com o que sentem e com o que recebem de emoção alheia.

2- Ajudamos as crianças a se relacionarem melhor

E por falar em saber lidar com o que recebem de emoção alheia, isso também auxilia as crianças a terem relacionamentos mais saudáveis ao longo da vida.

Isso porque a inteligência emocional tende a diminuir as atitudes e ações impulsivas, fazendo com que diminuam os erros e equívocos baseados em “explosões de emoções”.

3- Fazemos com que cada um descubra as suas próprias potencialidades

Cada criança tem pontos fortes e fracos, assim como qualquer adulto. E para que ela descubra isso e aprenda a lidar com as suas próprias habilidades e limites, é necessário trabalhar as emoções.

Afinal, a insegurança, o medo e até mesmo o excesso de confiança podem desencadear efeitos nocivos no bem-estar de uma pessoa, diante das suas habilidades e potencialidades. Portanto, se queremos crianças mais autoconscientes, precisamos trabalhar as emoções!

4- Melhoramos o mundo de uma forma geral

O mundo é feito por pessoas, em conjunto com a natureza e os animais. Mas, os seres humanos têm as emoções como uma grande mola propulsora de suas atitudes.

Assim, a ganância, o egoísmo, a raiva e outras emoções/sentimentos podem causar efeitos nocivos no mundo. Mas, quando as pessoas têm a chance de aprender a lidar melhor com as emoções, elas tendem a melhorar o mundo em sua volta de maneira geral.

Que tal melhorarmos o mundo ao trabalhar a inteligência emocional na escola?

5- Diminuímos problemas de comportamento e bullying

As questões relacionadas aos comportamentos “ruins” e ao bullying também tendem a diminuir. As crianças aprendem a importância de respeitar o outro, se tornam mais empáticas e aprendem a se relacionar melhor.

Com isso, os problemas de comportamento diminuem e as agressões verbais e físicas também. Logo, toda a atmosfera escolar sente os benefícios da educação emocional nas escolas. Faça o teste!

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.