Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

PIX na Maquininha e por Link: Mais Facilidade nas Compras e Transações Financeiras.

Uma novidade que tem surgido e que pode melhorar muito as transações financeiras é a possibilidade de fazer o PIX pela maquininha ou por link. Entenda.

Desde que foi criado pelo Banco Central, o PIX parece que veio para ficar. Sucesso imediato, a solução de pagamentos tem se estabelecido e conquistado inclusive aqueles que eram mais reticentes ao seu uso.

A facilidade e agilidade nas transações financeiras, bem como a ausência das taxas de transferências são os benefícios mais evidentes do método que já completou mais de um ano desde seu lançamento.

Entretanto, as possiblidades do uso do PIX não param por aí. É possível realizar transações de PIX em maquininhas de cartão e utilizar links de pagamento. É uma solução pouco conhecida pelos MEIs, dos micros e pequenos negócios, mas que, se bem aproveitada e popularizada pode ajudar não somente nos seus negócios como também os clientes, gerando satisfação para ambas as partes.

 

Como faço para o obter o serviço para meus clientes?

Se você é empreendedor e quer utilizar a novidade, a solução é ser cliente de uma fintech, como, por exemplo, a SumUp, uma empresa global de serviços que habilitou as vendas por PIX de seus produtos.

 

Mais facilidade e confiabilidade nas transações financeiras

Na hora de fazer o PIX é possível que o consumidor, ao digitar o número erre algum dígito e envie o valor para outra conta. Ademais, sempre há certo incômodo ao esperar que o empreendedor confirme se o valor realmente caiu na conta, o que as vezes pode demorar mais que o esperado.

No caso de vendas com PIX nas maquininhas ou links de pagamento esses problemas não existem mais. O consumidor apenas informa que deseja pagar com PIX. Nesse caso será gerado um QR Code a ser escaneado pelo cliente e pronto, a compra está efetuada. Tanto o cliente não precisa mais esperar o empreendedor acessar sua conta e verificar se a transação foi efetuada, bem como o cliente não terá que esperar pela verificação ou demorar digitando longos e-mails e números.

Fintechs como a SumUP ou PAGSEGURO não cobram taxas de transação via PIX, a SUmUP libera o dinheiro na hora e se os clientes possuem conta digital na empresa podem fazer a transferência por meio do link de pagamento.

Avalie o Texto.
1 comentário
  1. GILVAN Diz

    Pag seguro cobra 1,89% no pix

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.