Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PIX já é utilizado por 40% dos pequenos e médios comerciantes virtuais

O PIX é o sistema de pagamentos instantâneos, desenvolvido pelo Banco Central (BC) em novembro de 2020. Sendo assim, após quase um ano em funcionamento no país, o meio de pagamentos já está sendo utilizado em 38% dos pequenos e médios lojistas virtuais. A Loja Integrada foi responsável pela informação, que mapeou o perfil de micro e pequenos empreendedores digitais no Brasil.

O CEO da empresa, Pedro Henrique Freitas, comentou sobre a alta adesão do sistema. “No e-commerce, o PIX oferece praticidade e agilidade na hora de finalizar uma compra. Se o consumidor estiver realizando a compra utilizando o computador, basta escanear o QR Code usando o aplicativo do banco ou carteira digital e realizar a transação em tempo real”, comentou.

Ainda segundo o executivo, o PIX está sendo responsável por facilitar e democratizar ainda mais as compras pela internet. Nesse sentido, agora, pessoas que não possuem um cartão de crédito, por exemplo, podem utilizar esta nova forma de pagamento. Desse modo, o pagamento através da ferramenta permite a mesma velocidade de um cartão comum.

“No comércio, o PIX significa uma nova possibilidade de pagamento, mais prática do que dinheiro e boleto bancário. Para os consumidores finais, o PIX é uma opção adicional de meio de pagamento, que oferece agilidade e praticidade na transação”, finalizou o executivo.

Usuários do PIX

Após quase um ano do funcionamento do PIX no Brasil, o sistema atingiu a marca de 100 milhões de usuários. Sendo assim, o número representa o fato de que cerca de 61% dos brasileiros que possuem conta em banco são capazes de fazer ou receber um pagamento instantâneo através da ferramenta.

Segundo dados do Banco Central, 164 milhões de pessoas no Brasil possuem conta bancária. Nesse sentido, o PIX atingiu, neste final de ano, 100.389.158 usuários. E, ainda segundo a autoridade financeira, o sistema ainda pode crescer muito mais, enquanto vai conquistando a confiança e oferecendo facilidade a cada vez mais brasileiros.

No final de agosto deste ano, o BC contabilizava 97,8 milhões de usuários do sistema de pagamentos instantâneos. Ainda no mês de julho, eram 93,7 milhões de usuários cadastrados e o presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que 46% da população adulta já havia feito ou recebido um PIX.

Ademais, além dos 100 milhões de usuários pessoa física, o PIX conta com 7,3 milhões de usuários pessoa jurídica. Assim, ao todo, são 204,2 milhões de contas bancárias registradas no sistema.

Chaves registradas no sistema

Para poder utilizar as funcionalidades da ferramenta, os brasileiros podem cadastrar até 5 chaves PIX e empresas podem cadastrar 20. Nesse sentido, o BC já possui 313,2 milhões de chaves registradas, sendo 300,5 milhões de pessoas físicas e 12,7 milhões de empresas.

A divisão por tipos de chave fica assim:

  • Chaves aleatórias, como QR Codes: 104 milhões;

  • CPF: 88,8 milhões;

  • Celular: 69 milhões;

  • e-mail: 45,3 milhões;

  • CNPJ: 5,9 milhões.

Por fim, recentemente o BC divulgou que o PIX atingiu a marca de 40 milhões de transações em um único dia. Sendo assim, o sistema ultrapassou diversos métodos tradicionais de transferências, como o TED e o DOC.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.