Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PIX 2021: Banco Central confirma liberação das funções saque e troco

As novas funções estarão disponíveis a partir do dia 29 de novembro.

Usuários do PIX terão novas ferramentas para serem utilizadas no sistema. Nesta quinta-feira (2), o Banco Central (BC) regulamentou as versões do PIX Saque e Troco. As novas funções estarão disponíveis a partir do dia 29 de novembro.

O “Pix Saque” permitirá que os clientes façam saques em dinheiro em estabelecimentos comerciais. Já o “Pix Troco” possibilitará que o saque seja feito mediante a uma compra ou à prestação de serviço.

Segundo o BC, a implementação do PIX Saque e PIX Troco é muito vantajosa para atendimento da população consumidora, uma vez que terá mais opções de ter acesso ao dinheiro em espécie.

Desta forma, os saques poderão ser realizados em vários locais, como supermercados, lojas de departamento, padarias, farmácias, por exemplo, não se limitando aos terminais de autoatendimento dos bancos tradicionais.

Os serviços não serão cobrados de pessoas físicas e nem de Microempreendedores Individuais (MEIs), desde que respeitem a margem de oito transações mensais. Além disso, o comércio que oferecer o Saque ou Troco será beneficiado com uma tarifa de R$ 0,25 a R$ 0,95, a depender da instituição financeira vinculada a operação.

Como funciona o Saque e o Troco do PIX?

O PIX Saque permitirá que os usuários do PIX, façam um saque nos estabelecimentos que disponibilizam do serviço. O procedimento é similar a uma transação comum do PIX e pode ser realizada por meio da leitura de um QR Code mostrado ao cliente, ou a partir do aplicativo do prestador do serviço

Sendo assim, ao comparecera a uma loja de departamento, por exemplo, o cliente fará um PIX de R$ 50 para o estabelecimento, sem mesmo ter realizado alguma compra no local. Neste sentido, o cidadão poderá retirar o valor transferido do ponto comercial.

Em contrapartida, o PIX Troco só pode ser efetuado mediante a uma compra no agente de saque (estabelecimento). Neste caso, ao realizar um PIX junto a loja, o cliente estará pagando o produto e pegando de troco o que sobejar.

Por exemplo, o usuário vai até um supermercado e faz uma compra no valor de R$ 40. Na hora do pagamento, ele faz uma operação com o PIX de R$ 50 para o estabelecimento. Com isso, ele terá de volta os R$ 10 que sobraram de troco.

Veja também: CAIXA lança conta poupança gratuita; veja

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Jarbas césar leite Diz

    Como fazer quando fazer um pix para uma pessoa errada.valor 96.00reais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.