Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PIX Saque e PIX Troco começam 29 de novembro

Você já sabe o que é a nova modalidade Pix Saque e Pix Troco? Sabe quem poderá utilizá-la? A medida foi anunciada em maio, mas deve ser lançada agora em novembro. Leia este artigo até o final e entenda tudo que você precisa saber sobre a nova modalidade.

Quem é Pix Saque e Pix Troco

O Pix Saque possibilitará que qualquer cliente que vá um comércio cadastrado possa sacar o dinheiro em espécie. Para isso, basta fazer a leitura de um QR Code pelo celular ou então por meio do aplicativo de prestador de serviço.

O Pix Troco tem uma funcionalidade bastante parecida.  A diferença é que ao invés de apenas sacar o dinheiro, a pessoa poderá também pagar a compra no local e sacar o “troco”. No extrato do cliente deve aparecer os valores separados de saque e compra.

A modalidade não é obrigatória, caso deseja apenas pagar a compra, basta passar o valor exato.

Quando será lançado Pix Saque e Pix Troco?

Anunciado em maio, o Pix Saque e o Pix Troco será lançado no dia 29 de novembro é o que prevê Banco Central.

Quem poderá oferecer ou utilizar?

Todos os comércios que se interessarem na nova funcionalidade poderão ofertá-la, a mesma coisa para as pessoas. Não há restrição nem quanto a utilização quanto ao oferecimento.

Tanto o Pix Saque quanto o Pix Troco serão gratuitos para o cliente, desde de que dentro o limite de oito transações mensais ou, em média, duas por semana não seja ultrapassado.

Já os estabelecimentos ainda devem ganhar R$0,25 a R$ 0,95 por transação, a depender do que for negociado com a instituição financeira.

“O cidadão passará a contar com mais alternativas disponibilizadas pelo PIX e com mais opções de acesso ao dinheiro físico quando assim o desejar, pois os saques poderão ser feitos em diversos locais (padarias, lojas de departamento, supermercados etc.) e não apenas em caixas eletrônicos”, diz nota do Banco Central, enviada ao portal Metrópoles.

Pix

O sistema de pagamento instantâneo que possibilita transferir dinheiro gratuitamente por 24h e nos 7 dias da semana não deve sofrer alterações. O meio de pagamento vem conquistando seu espaço e ganhando cada vez mais adeptos seja pela praticidade ou pelo distanciamento social.

Ele já é inclusive o 2º meio de pagamento mais usado.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.