Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Período Regencial: como cai no vestibular?

Descubra como o assunto pode aparecer no seu vestibular!

Período Regencial: análise de questão de vestibular comentada

O Período Regencial (1831-1840) foi uma fase da história do Brasil marcada por uma grande instabilidade política e econômica.

Eventos do período são abordados com frequência por questões dentro das principais provas do país, com um destaque para os vestibulares.

Dessa maneira, para que você consiga entender como o assunto pode aparecer na sua prova, o artigo de hoje trouxe a análise de questões de vestibular sobre o Período Regencial. Confira!

Período Regencial: questão do vestibular da Fuvest

(Fuvest) No Brasil, tanto no Primeiro Reinado, quanto no período regencial,

a) aconteceram reformas políticas que tinham por objetivo a democratização do poder.

b) ocorreram embates entre portugueses e brasileiros que chegaram a pôr em perigo a independência.

c) disseminaram-se as idéias republicanas até a constituição de um partido político.

d) mantiveram-se as mesmas estruturas institucionais do período colonial.

e) houve tentativas de separação das províncias que puseram em perigo a unidade nacional

Análise:

A resposta correta para a questão do vestibular da Fuvest (que permite o acesso dos candidatos selecionados à Universidade de São Paulo -USP) é a letra E.

A questão é objetiva e clara, assim como parte significativa das questões de história da primeira fase desse vestibular.

O Período Regencial foi um período de grande instabilidade econômica e política. Isso porque, algumas lideranças regionais viam o recém-consolidado processo de independência como um momento de vulnerabilidade do poder central, ideal para que eles pudessem tentar se separar do país. Diversas revoltas aconteceram, como a Sabinada e a Cabanagem.

O Primeiro Reinado também foi palco de movimentos separatistas, como a Confederação do Equador. A Confederação foi um movimento de separatista e republicano que aconteceu durante o Primeiro Reinado. O motivo que provou o início do movimento foi o caráter autoritário e anti-popular do imperador D. Pedro I.

Dessa forma, podemos dizer que o Primeiro Reinado e o Período Regencial foram caracterizados por movimentos separatistas, como afirma a alternativa E.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.