Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Pagamento do 13º salário do INSS 2022 irá acontecer? Veja

O salário extra que deve ser pago entre os últimos meses do ano, teve o calendário adiantado em 2020 e em 2021.

Devido a pandemia da Covid-19, os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tiveram acesso ao 13º salário de forma antecipada. O salário extra que deve ser pago entre os últimos meses do ano, teve o calendário adiantado em 2020 e em 2021.

Veja também: Reajuste no salário mínimo de 2022 e novos valores do INSS; veja

Em 2020, os aposentados, pensionistas e demais beneficiários do INSS receberam o benefício entre os meses de abril e junho. Enquanto que, em 2021, os repasses foram realizados entre maio e julho. Diante disso, muitos segurados ficam na expectativa de quando o benefício deve ser liberado este ano.

13º salário do INSS 2022

Segundo o Decreto 10.410/20 publicado pelo Governo Federal ainda em 2020, o pagamento do 13º salário do INSS recebeu novas regras. A primeira parcela do benefício deve ser paga junto ao benefício do mês de agosto, já a segunda parcela, incorporada ao abono do mês de novembro.

Além disso, o texto estabelece que o 13º salário do INSS deve ser repassado aos beneficiários que recebem o auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão. Lembrando que cada parcela do salário extra corresponde a até 50% do valor do abono.

Como funciona o pagamento do 13º do INSS

O pagamento da primeira parcela do benefício deve começar nos últimos cinco dias úteis do mês de agosto, se estendendo até os cinco primeiros dias úteis do mês seguinte, no caso, setembro. As datas de depósito variam conforme o valor e o número final encontrado no cartão do benefício.

No que se refere a segunda parcela, o valor corresponde à diferença entre total do abono e a quantia antecipada no primeiro pagamento. Desta forma, a segunda cota deve ser repassada nos cinco últimos dias úteis de novembro e cinco primeiros dias úteis de dezembro, também, a depender do valor e do número final do benefício.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.