Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Os principais acontecimentos da Idade Média: resumão!

Os principais acontecimentos da Idade Média: um resumo

A Idade Média foi período muito importante que sucede a Idade Antiga e antecede a Idade Moderna.

Dessa forma, não é de se surpreender que acontecimentos desse período sejam cobrados com uma grande frequência nas principais provas do país, entre elas o ENEM e os vestibulares.

Assim, o artigo de hoje trouxe um resumo com os principais acontecimentos do período que podem aparecer nas suas provas de história!

A Idade Média: Importância

A Idade Média é um período da história da humanidade que se inicia com a queda do Império Romano, no ano de 476 d.C., e que termina no ano de 1453 d.C., com a Queda de Constantinopla. Vale lembrar que alguns historiadores afirmam que o período teria, na verdade, se iniciado no ano de 1492, com o início das Grandes Navegações.

Além disso, a Idade Média pode ser dividida em dois períodos: a Baixa Idade Média e a Alta Idade Média.

Os dois períodos são igualmente importantes e trazem diversas inovações e transformações importantes.

Vamos ver, a seguir, quais os principais acontecimentos das duas fases da Idade Média, uma vez que é muito provável que algum deles apareça na sua prova.

Principais acontecimentos da Alta Idade Média

A Alta Idade Média é o primeiro período da Idade Média e se inicia no século V. Foi durante essa fase que o Império Carolíngio se formou e que também encontrou o seu apogeu com o reinado de Carlos Magno. Ainda, é na Alta Idade Média que o Império Bizantino se desenvolve ainda mais enquanto uma continuação do Império Romano do Oriente.

Essa fase da Idade Média também foi marcada pelo surgimento de novas religiões, como o islamismo, através do grande profeta Maomé. Além disso, ocorre também, nesse período, o fortalecimento do catolicismo e a sua expansão por toda a Europa. Durante a Alta Idade Média, ainda, algumas cidades eram governadas por bispos, uma vez que a Igreja Católica, além do poder eclesial, detinha ainda grande poder político.

Igualmente, o feudalismo, importante forma de organização política, econômica e social predominante na Europa Ocidental, irá surgir nessa fase, mais precisamente no século V. Grandes propriedades de terras serão criadas (os feudos) e serão dominadas pelos senhores feudais. Os servos irão cultivar as terras e trabalhar para o senhor. A relação de suserania e vassalagem também será criada nesse mesmo período.

Principais acontecimentos da Baixa Idade Média

A Baixa Idade Média representa o segundo período da Idade Média e se inicia no século XI. Durante essa fase, diversos Estados Nacionais irão se consolidar e, com eles, as monarquias. Dentre o principal Estado Nacional, podemos citar a França, que consolidará sua influência sob o governo de Filipe, o Belo.

Além disso, é nesse período que o sistema feudal perde seu espaço, principalmente devido a centralização do poder nas mãos dos reis. Com isso, os senhores feudais acabam perdendo a sua influência e sua força.

Foi nesse mesmo período que ocorreram as Cruzadas, expedições militares cristãs que tinham como principal objetivo retomar Jerusalém, que havia sido dominada pelos chamados “infiéis”.

O feito marcou a história da Igreja Católica e marcou a época, uma vez que além de buscar a unificação do catolicismo sobre a Igreja de Roma, as forças cristãs ainda buscavam a abertura do comércio europeu em territórios do Oriente.

Igualmente, a Baixa Idade Média é um período marcado também por guerras, como a Guerra de Cem anos, e por doenças, como a Peste Negra, que exterminou cerca de 1/3 da população europeia da época.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.