Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que a saúde financeira tem a ver com o trabalho?

A relação entre a saúde financeira e o trabalho é bem forte. Vamos falar sobre isso?

Afinal, o que a saúde financeira tem a ver com o trabalho? Qual a relação de uma coisa com a outra? Você já parou para pensar nisso?

Embora possa parecer que não, a sua saúde financeira pode impactar diretamente na sua qualidade de vida no trabalho, e vice-versa.

Por isso, conversar sobre o assunto é tão importante, uma vez que assim poderemos viabilizar uma harmonia maior entre ambas as áreas. Quer saber como? Então continue lendo este nosso artigo.

O que a saúde financeira tem a ver com o trabalho?

Entender o que a saúde financeira tem a ver com o trabalho é de suma importância para estimular mais qualidade de vida no ambiente corporativo. Para tanto, veja os apontamentos que trouxemos a seguir:

1- Problemas com dinheiro podem impactar a produtividade

Quem já passou por alguma dificuldade financeira sabe o quanto a preocupação é incessante. E sabe, também, o quanto essa preocupação pode atrapalhar qualquer atividade do dia a dia.

Com a mente repousada sobre o problema, fica inviável manter o foco na atividade que está sendo feita. Consequentemente, a produtividade do colaborador tende a cair.

2- Trabalho com baixa qualidade pode provocar desequilíbrios emocionais e financeiros

Assim como os problemas financeiros impactam a qualidade do trabalho, os problemas no trabalho também impactam os cuidados com o dinheiro.

Não é à toa que vemos tantas pessoas usando o pouco que têm para “extravasar” no fim de semana. Não que isso esteja errado, mas, muitas vezes essa atitude tende a ser impulsiva, fazendo com que o indivíduo gaste mais do que pode.

A consequência é ter que trabalhar ainda mais em um trabalho “ruim”, para pagar as contas. E conforme trabalha, novas crises impulsivas surgem como um modo de “apagar o incêndio” da frustração. Forma-se, assim, um ciclo vicioso.

3- Saúde financeira desequilibrada aumenta o medo do desemprego

Um indivíduo com muitos problemas financeiros pode ter a sua saúde mental posta em risco, especialmente quando o medo do desemprego surge. E esse medo, somado às angústias das dívidas, pode tornar o trabalho uma verdadeira “punição”.

4- Indivíduos sentem-se frustrados ao trabalhar apenas para “pagar as contas”

Quem já trabalhou com o salário contado e sem a possibilidade de sobrar um real sequer, no fim do mês, sabe o quanto isso pode ser absolutamente desgastante.

Aquela sensação de que nunca terá mais do que o mínimo torna o trabalho desmotivador, e até mesmo, causador de problemas de saúde mental.

5- A falta de motivação também pode ser um problema

Seja por conta dos problemas no trabalho, ou por conta da saúde financeira afetada, a desmotivação pode aparecer no ambiente corporativo. E isso impacta a criatividade, a motivação e a disposição para novos desafios.

Criar um equilíbrio é fundamental

É claro que, especialmente em tempos de crise, não existe uma fórmula mágica para criar um equilíbrio entre a saúde financeira e o trabalho. Na realidade, é algo muito difícil. Porém, é necessário começar uma mudança como puder.

Tente sempre aprender mais sobre educação financeira e cuide da sua saúde mental, sempre buscando manter uma saúde financeira, ao menos, estável.

Esperamos, de coração, que tudo dê certo para você. Boa sorte e mais saúde financeira para você e toda a sua família!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.