Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O Governo de Lênin: consolidação da URSS

O Governo de Lênin: um resumo

O regime de Vladimir Lênin na URSS foi muito importante devido a uma variedade de motivos. O principal deles é o fato de Leninismo ser responsável por consolidar a URSS após a Revolução Russa.

Assim, os mais variados de aspectos do governo Lênin é muito explorada pelas principais provas do país. Além disso, o regime  pode aparecer na sua prova relacionado também à outros tópicos. Dentre esses, podemos citar: a Guerra Fria e o período pós-segunda guerra mundial.

Dessa maneira, é de extrema importância que você domine as principais características do regime para garantir um bom desempenho nas suas provas.

O Governo de Lênin: Introdução

Após a Revolução de Outubro e a derrubada do governo Czarista, a Rússia passou por uma série de mudanças para romper com os alicerces que governavam o país.

Podemos citar como exemplos a nacionalização de bancos e indústrias e a anulação de  todos os títulos nobres. Novas leis estabeleceram as liberdades civis, uma nova formação foi dada para as forças armadas e os operários ganharam permissão para participar da gestão das empresas que trabalhavam.

O Governo de Vladimir Ilyich Ulianov, conhecido como Lênin, se iniciaria logo com a consolidação da Revolução Russa, no ano de 1917, e terminaria somente no ano de 1924.

O Governo de Lênin: Características

O Governo de Lênin foi responsável por organizar a saída da Rússia da Primeira Guerra Mundial de maneira pacífica. Em 3 de março de 1918, o Tratado de Brest-Litovsk foi assinado. Com ele, a Rússia poderia sair da Grande Guerra se, em troca, liberasse regiões que antes eram controladas pelo regime czarista. A Rússia cumpriu com o prometido e novas ações foram formadas, como a Letônia, a Lituânia, a Polônia e a Ucrânia.

Durante a chamada Guerra Civil Russa, iniciada no ano de 1917, o Governo precisou também enfrentar o Exército Branco, forças contrarrevolucionárias formadas por conservadores, oficiais monarquistas e tropas de nações europeias que temiam a ampliação da Revolução Russa para outras nações. Dessa forma, Lênin implementou o comunismo de guerra, mecanismo que permitiu  qu o governo federal se utilizasse de recursos do Estado para garantir a manutenção do Exército Vermelho, revolucionário e que apoiava Lênin.

Com o fim da Guerra Civil em 1922, Lênin se viu em um país profundamente abalado pelas mazelas causadas pela guerra. Desse modo, ele anunciou a chamada Nova Política Econômica (NEP), permitindo práticas de natureza capitalista somente para que a economia do país fosse aquecida. Os efeitos da política logo foram sentidos e a crise foi solucionada.

No mesmo ano, uma nova Constituição é outorgada e as regiões que aderiram ao socialismo passaram a integrar a chamada União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), criada também em 1922. O Partido Comunista Russo, que representava o governo russo, era o único com autorização para funcionar.

O Governo de Lênin: Fim do Governo

No entanto, em 1924, Vladimir Lênin morreu e o governo deveria ser passado para um novo líder. Leon Trótski e Josef Stalin, então, passaram a disputar entre si o controle da recente URSS. Com uma articulação política mais firme e um discurso que enfatizava as questões internas da Rússia, Stalin assumiu o poder da URSS, iniciando o período que ficaria conhecido como Stalinismo.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.