Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Nubank adquire plataforma de pagamentos via PIX para varejistas virtuais

O Nubank é o maior banco digital da américa latina e que trabalha com o propósito de devolver às pessoas o controle da vida financeira. Sendo assim, em mais um passo ambicioso, o banco anunciou a compra da Spin Pay, fintech de pagamentos instantâneos que oferece suporte para compras via PIX no comércio eletrônico.

“A chegada da Spin Pay é uma forma de proporcionar, de forma mais rápida, uma experiência ainda melhor e simplificada para lojistas e clientes Nu”, diz o Nubank em seu blog. “A aquisição vai permitir que a gente ofereça ainda mais soluções de pagamento para o varejo eletrônico”, completou.

Atualmente a Spin Pay trabalha em parceria com mais de 220 varejistas de diferentes setores. Entre os setores estão: lojas de departamento, eletrônicos e companhias aéreas, possibilitando a substituição de meios de pagamento burocráticos por experiências simples, rápidas e seguras. O que acaba facilitando o negócio dos varejistas.

Mesmo após a aquisição, as operações Nubank e Spin Pay seguem independentes. Nesse contexto, a Spin Pay funcionará como unidade separada de negócios, trabalhando no desenvolvimento de tecnologias que abrangem a empresa e o banco digital, além de estar alinhada ao negócio do Nubank.

A força do sistema PIX

O PIX é o sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central e lançado em novembro de 2020. Logo após o lançamento, o sistema transformou o mercado de pagamentos no Brasil. Segundo dados do Banco Central, o novo meio de pagamentos já movimentou mais de R$ 1 trilhão em pouco mais de seis meses de operação e o número de transferências via PIX já supera o de outras alternativas tradicionais, como TED e DOC.

Nesse sentido, o PIX é um meio de pagamentos que trouxe para o mercado algo que sempre foi o objetivo do Nubank, a facilidade. Ou seja, o sistema trouxe a possibilidade de movimentar dinheiro de forma simples, sem pagar tarifas abusivas para isso, algo que sempre se atrelou muito com o objetivo do banco digital.

Ademais, o sistema de pagamentos instantâneos apenas cresce a cada dia. Desde o lançamento do PIX em novembro de 2020, já foram mais de 274 milhões de chaves registradas, o que representa um aumento de 188% em poucos meses após o lançamento que, na época, contava com 95 milhões de chaves registradas.

Aquisições e ambições do Nubank

No último ano, o Nubank seguiu com a ambição de buscar parcerias e aquisições para oferecer uma experiência cada vez melhor aos clientes. Em 2020 o banco digital fez a compra da plataforma de investimentos Easynvest, da empresa de consultoria e desenvolvimento americana Cognitect e da empresa de consultoria brasileira de engenharia de software Plataformatec.

Além disso, no mês de julho deste ano, o Nubank obteve 750 milhões de dólares de financiamento em uma rodada liderada pela Berkshire Hathaway. Dessa maneira, com o levante e a participação da empresa liderada pelo bilionário Warren Buffet, o banco brasileiro passou a ser avaliado em mais de 30 bilhões de dólares. Portanto, essas aquisições e financiamentos são o que sustentam a ambição do Nubank de crescer cada vez mais e cumprir com seu propósito.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.