Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Nova funcionalidade do Pix permite ajuste de limite em transações

O Banco Central possibilitou que os usuários do Pix estabeleçam um valor limite para as suas transferências. Todas as instituições que usam o recurso já aderiram a nova atualização.

José Luiz Rodrigues, especialista em regulação, diz que essa é apenas uma funcionalidade que visa ampliar o uso da ferramenta na sociedade.

“Os outros meios de pagamento continuarão a existir, como DOC, TED, boletos e cheques, mas há um entendimento de que o Pix poderá substituir determinados comportamentos financeiros conforme a popularização do seu uso”, esclarece José Luiz, que também faz parte do quadro de sócios da JL Rodrigues & Consultores Associados.

“Por ser mais rápido, o Pix também pode diminuir os prazos de entrega de compras feitas pela internet. Enquanto o boleto bancário demora um dia ou dois para registrar o pagamento, o Pix o faz em segundos. Isso é positivo também para o varejo, que tem em mãos um sistema financeiro mais rápido, prático e seguro, o que deve impactar positivamente a gestão dos negócios e a própria prestação de serviços”, diz.

Os pedidos para reduzir o valor limite do Pix devem ser acatados imediatamente pela instituição financeira, ou respondidos até às 7h do dia seguinte. Porém, o novo valor tem que ser compatível ao estabelecido em transações via TED e cartão de débito.

Caso o valor solicitado para o limite seja superior as condições disponibilizadas pelo banco, caberá a instituição aceitar os critérios solicitados pelo cliente ou não.

Além da possibilidade de alterar o limite do Pix, outras funcionalidades devem ser lançadas nos próximos meses, como a facilitação em pagamentos de conta de água e energia.

De acordo com o especialista, as mudanças e atualizações dos serviços e produtos são reflexo da evolução do mercado.

“Será cada vez mais comum o surgimento de novos produtos e empresas no cenário financeiro. Porque a modernização do Sistema Financeiro Nacional, provocada pela chegada de inovações como o Pix, open banking e sandbox, está fazendo com que o mercado se estruture para atender às novas demandas dos consumidores. Isso vem gerando até novos processos de fusão, incorporação, parcerias, compra e venda, entre outros modelos de organização ou reorganização”, completou José Luiz.

Leia também: Saque PIX já tem prazo para ser lançado

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.