Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Migrações Internacionais: aquilo que você precisa saber

Migrações Internacionais: tudo para a sua prova

As Migrações internacionais não são um fenômeno recente. Porém, na atualidade, podemos observar grandes ocorrências de imigração e emigração entre países diferentes.

Assim, não é de se surpreender que o assunto apareça com frequência em questões de história e de atualidades das principais provas do país, como os vestibulares, o ENEM e alguns concursos.

Migrações Internacionais: Introdução

O termo “migrar” corresponde à mobilidade espacial de um determinado grupo. De modo simplificado, a migração é o fenômeno da troca de país, de estado ou de região. Porém, a migração internacional consiste exclusivamente na mudança de um país com destino a outro.

Vale ressaltar que o termo migração é geral e pode ser usado em todos os casos, enquanto imigração e emigração se referem à fenômenos específicos. Emigrar significa deixar um país. Imigrar, pelo contrário, significa entrar em um país estrangeiro.

Migrações Internacionais: Contexto Histórico

As migrações internacionais fazem parte da história da humanidade há milênios. Durante a Antiguidade e a Alta Idade Média, os povos bárbaros migraram para diversos outros Estados em busca de condições de vida favoráveis. Podemos citar como exemplo de migração internacional forçada aquelas de negros africanos que eram obrigados a trabalhar como escravos em diversos continentes, incluindo a América do Sul.

Durante o Segundo Reinado e a República Oligárquica, diversos grupos imigraram para o Brasil. Entre eles, podemos citar os italianos, os alemães e os japoneses, que deixavam os seus países em busca de oportunidades de trabalho em terras brasileiras. Ainda, durante a Era Vargas, o fluxo de imigrações para o Brasil também foi intenso, principalmente porque as nações europeias e o Japão haviam destruídos pela Segunda Guerra Mundial.

Nos últimos anos, as migrações internacionais têm sido alvo de calorosos debates, principalmente na Europa. Isso porque, o continente têm tido problemas com um fluxo muito grande de migrações internacionais, algumas que são, até mesmo, ilegais. Isso porque, diversos grupos saem de suas próprias moradias em busca de melhores condições de vida e de emprego nos países desenvolvidos do continente europeu.

Migrações Internacionais: Causas

Diversas são as causas que podem motivos as migrações internacionais, dependendo da condição do grupo que opta por fazer parte desse fenômeno.  Podemos citar, por exemplo, a fuga de desastres ambientais e as guerras. Essas últimas que, por sua vez, motivam principalmente as migrações de povos do Oriente Médio para outros continentes.

Ainda, perseguições políticas, étnicas ou culturais, busca de trabalho e melhores condições de vida também estão entre as possíveis causas das migrações para um país estrangeiro.

Migrações Internacionais: Dados

Um relatório realizado no ano de 2009 pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) demonstra que cerca de 195 milhões de pessoas moram em países diferentes dos seus de origem. Ainda, a pesquisa mostrou que os países mais procurados pelos indivíduos que deixam as suas nações são os Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália, França, Alemanha e Itália. Porém, entre eles, os EUA se destacam como nação que mais recebe imigrantes anualmente. Ainda, de maneira geral, podemos perceber que na lista de países mais procurados pelos imigrantes se encontram somente nações desenvolvidas.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.