Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (5 votes)

RESUMO: O SEGUNDO REINADO (1840-1889)

O Segundo Reinado é um dos assuntos de história do Brasil mais cobrado pelas provas.

O Segundo Reinado (1840-1889)

1840: Golpe da Maioridade 

O Segundo Reinado se inicia em 1840, com o Golpe da Maioridade. Esse golpe é articulado pelos LIBERAIS, depondo a Regência do CONSERVADOR Araújo de Lima.

O seu principal objetivo era alcançar a estabilidade política e ser uma alternativa para a crise econômica. Assim, em 1840 D. Pedro II assume o trono.

POLÍTICA INTERNA

Destaque para o conflito entre LIBERAIS e CONSERVADORES, existente durante todo o II Reinado., que tentam alternar o poder dentro do Parlamento.

1841: Eleições do Cacete

Liberais fraudam as eleições porque estavam perdendo. 

Para colocar um fim ao tumulto, D. Pedro II chama conservadores para compor o novo ministério (VENCEM).

Parlamentarismo às avessas

Parlamento aos moldes britânicos (“rei reina mas não governa”). Peculiaridade: o Presidente do Conselho de Ministros era escolhido pelo próprio Imperador (PODER MODERADOR)

D. Pedro II poderia dissolver o Parlamento se esse não o apoiasse.

1853: Ministério da Conciliação

Alcança certa estabilidade política. O imperadornomeava os parlamentares: ora LIBERAIS ora CONSERVADORES.

Economia:

  • Brasil era AGROEXPORTADOR e exportava CAFÉ principalmente 
  • Destaque para o Vale do Paraíba e Oeste Paulista
  • Terra roxa, mão de obra imigrante e investimentos
  • Construção de Ferrovias
  • Inglaterra era a principal consumidora de café (trabalhadores)
  • Pressão britânica pelo fim da escravidão (interesse em mercado consumidor)

Era Mauá:

SURTO INDUSTRIAL (porque não se concretiza nos anos posteriores). Tentativa de industrialização por Barão de Mauá?, que cria siderúrgicas, bancos, linhas de telégrafo, etc

Seu projeto não obteve sucesso e não se concretizou.

Processo de abolição da escravidão:

1845: Lei Bill Aberdeen

  • A marinha inglesa poderia aprisionar navios negreiros encontrados no oceano
  • Isso aumenta o tráfico ilegal (pirata, contrabando)

1850: Lei Eusébio de Queirós

  • Proíbe o tráfico intercontinental de escravizados 
  • Diminuição da quantidade de escravos disponíveis
  • Potencialização da chegada de imigrantes europeus

1871: Lei do Ventre Livre

  • Liberdade aos filhos de escravos, mas sem dar liberdade a mãe

1884: Lei dos Sexagenários 

  • Liberdade aos maiores de 65 anos, mas pressão para abolição da escravidão continua

?13/05/1888: Lei Áurea

  • Assinada pela Princesa Isabel, enquanto D. Pedro II estava na Europa
  • Não houve inserção social dos ex-escravizados, assim muitos, por falta de opção, permaneceram nas fazendas

Imigração Europeia

  • Estimulada devido ao alto preço de escravos, a partir de 1850, e crescimento vegetativo negativo
  • Crise europeia (guerras de unificação – Itália e Alemanha)
  • Perspectiva de enriquecimento
  • Necessidade de branqueamento da população
  • Parceria (endividamento, enganoso) e Colonato (financiamento do governo)

Política Externa

  • 1862 – 1865
  • Questão Christie
  • Incidentes envolvendo o embaixador inglês no Brasil
  • Ganho de causa ao Brasil
  • Rompimento das relações diplomáticas entre Brasil e Inglaterra

Gostou do resumo sobre o Segundo Reinado? O próximo artigo irá abordar a CRISE e o Fim desse período.

 

 

5/5 - (5 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.