Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Manter-se informado é importante – mas pode haver limites

Uma coisa é fato: Manter-se informado é importante e imprescindível hoje em dia. Mas, é preciso levar em conta que alguns limites, em específico, são importantes.

Isto é, até que ponto é interessante saber de tudo o que está acontecendo em nossa volta? Até que ponto ler uma notícia sobre um país extremamente longe é algo que realmente agrega valor em nossas vidas? Pois é…

Claro que não devemos abrir mão do que a informação pode nos proporcionar. Mas também não devemos abrir mão da nossa saúde mental, não é mesmo?

Manter-se informado é importante – Mas devemos ter cuidado!

Manter-se informado é importante, mas até certo ponto. Quando passamos desse ponto, podemos nos sentir cansados, exaustos, chateados e até mesmo podemos perder a esperança com relação ao futuro e ao mundo.

É como se todas as coisas ruins do mundo estivessem dentro da nossa casa. E, até certo ponto, estão mesmo.

Afinal, se estamos o tempo todo nutrindo a nossa mente com todas as coisas ruins que acontecem em nossa volta e no mundo como um todo, como ficarão os nossos pensamentos? Isso mesmo: focados apenas nas coisas ruins e na desesperança.

Pois, quem nunca se sentiu completamente desanimado ao ler notícias sobre a economia? Ou extremamente desesperançoso ao ler notícias sobre fome e miséria? Pois é…

Claro que isso não significa que devamos abrir mão desse tipo de conhecimento e leitura. Não é isso. O que queremos tratar, com este conteúdo, é que muitas vezes o excesso de informação negativa pode afetar a nossa saúde mental.

A pandemia está aí para provar esse ponto!

No começo, grande parte das pessoas viviam lendo notícias sobre o assunto, de um modo feroz. Isso gerou crises de ansiedade, desespero, medo, choro, etc.

Hoje, essas mesmas pessoas podem estar um pouco mais adaptadas com essa situação. E, embora ainda sigam se cuidando, aquele desespero intenso diminuiu. Pelo simples fato de as notícias não serem consumidas em excesso.

Busque se informar com notícias positivas também

Além de manter-se informado, considere ler sobre coisas positivas. Isso mesmo. Busque notícias que possam trazer novidades interessantes e ricas para a sua vida – e não apenas aquelas que fazem com que você “se desmanche em lágrimas”.

Assim você não sobrecarrega os seus pensamentos com situações negativas, e se torna viável encontrar caminhos mais promissores para o futuro.

Afinal, como ter esperança de um futuro melhor se apenas colocarmos toda a nossa atenção nas coisas ruins que acontecem no mundo? Pois é.

Saiba filtrar as fontes de informação

Por fim, saiba filtrar as suas fontes de informação. Isso também pode fazer toda a diferença.

Afinal, não é de hoje que vemos notícias extremamente sensacionalistas, não é mesmo? Por isso, saber reconhecer esse tipo de notícia – e fugir dela, é de suma importância para manter-se informado de uma forma mais saudável e interessante.

Busque as informações pertinentes, mas não exagere. Tudo nessa vida é questão de equilíbrio. Sempre considere essa premissa. 🙂

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.