Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Mais um estado começa a votar Auxílio para compra do gás de cozinha

Desta vez, o estado do Acre aprovou a urgência de um projeto que dá auxílio em dinheiro para que as pessoas comprem o gás de cozinha

O Estado do Acre, na Região Norte, aprovou nesta terça-feira (6) a urgência na votação de um projeto local. Trata-se de um programa que visa dar um auxílio em dinheiro para as pessoas de baixa renda que estejam com dificuldades para comprar o gás de cozinha neste momento no estado.

A Deputada Estadual Joenia Wapichava (Rede) falou sobre o assunto na internet. “Acabamos de aprovar a urgência do PL1374, que dá auxílio às famílias de baixa renda na aquisição do gás de cozinha. É uma questão humanitária atender a população brasileira que está tão vulnerável e fragilizada nesse período de pandemia”, disse ela.

A parlamentar, no entanto, não deu muitos detalhes sobre o projeto em questão. Também não há muitas informações sobre esse texto nos canais oficiais da Assembleia Legislativa do Acre. De modo que não dá para saber, por exemplo, qual seria o valor do programa em questão. Nem é possível saber quem teria direito de receber.

O que se sabe mesmo é que, assim como em todas as partes do Brasil, comprar um botijão de gás não é uma tarefa fácil. De acordo com as informações oficiais, o preço do utensílio segue subindo muito nos últimos meses. Há duas semanas, a Petrobras anunciou mais um aumento que acabou pesando ainda mais no bolso das famílias. 

E de acordo com as informações da própria Petrobras, esse produto acaba ficando ainda mais caro em alguns estados do Norte. Em alguns lugares da região, por exemplo, esse preço está ultrapassando a marca dos R$ 130. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, o Auxílio Emergencial do Governo Federal é de R$ 150, no seu valor mais baixo.

Auxílio para comprar gás

Na última semana, o estado de São Paulo anunciou a criação de um programa justamente com o intuito de ajudar os mais humildes a comprarem o gás de cozinha. De acordo com o Governo local, cerca de 500 mil pessoas seriam beneficiadas.

No caso de São Paulo, não é preciso fazer nenhuma inscrição. Basta procurar o site oficial do programa e inserir os dados básicos como Número de Inscrição Social (NIS). Por lá, o projeto vai pagar três parcelas bimestrais de R$ 100.

O estado do Rio de Janeiro também está pensando em criar o seu auxílio para o gás. No caso deles, no entanto, tudo ainda está no campo das ideias. Eles querem inserir esse programa como um adicional no projeto estadual, o Supera Rio.

Outros estados

Nesse sentido, várias pessoas estão usando as redes sociais para cobrar os seus Governos estaduais. No geral, esses brasileiros estão pedindo para que os seus governadores sigam esses exemplos e passem a pagar o benefício.

De acordo com esses cidadãos, o momento não está fácil para quem precisa cozinhar com o gás. É que o dinheiro do Auxílio Emergencial mal está sendo suficiente para comprar comida neste momento.

E isso sem falar das pessoas que não estão recebendo nenhum tipo de benefício neste momento. São brasileiros que não estão dentro nem do Bolsa Família, nem do Auxílio Emergencial. E isso acaba sendo um problema para eles. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.