Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Lucro do FGTS: Trabalhadores já estão recebendo

No total, cerca de 88, 6 milhões de trabalhadores serão beneficiados com a medida.

O lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será distribuído até o dia 31 deste mês. De acordo com a decisão do Conselho Curador, os repasses será de 96% sobre o rendimento obtido no ano passado, equivalente a R$ 8,12 bilhões.

No total, cerca de 88, 6 milhões de trabalhadores serão beneficiados com a medida. Lembrando, que só recebem o lucro quem tinha saldo positivo no Fundo de Garantia até 31 de dezembro de 2020.

Conforme a decisão do Conselho, o percentual de distribuição será de 0,01863517. Ou seja, a cada R$ 100 encontrado na conta no momento da apuração, será adicionado R$ 1,86.

Neste sentido, para simular quanto pode receber do lucro do FGTS de 2020, basta multiplicar o valor presente na conta no ano passado por 0,01863517. Para facilitar, confira algumas projeções:

  • Saldo de R$ 1.000: lucro de R$ 18,64;
  • Saldo de R$ 2.000: lucro de R$ 37,27;
  • Saldo de R$ 3.000: lucro de R$ 55,91;
  • Saldo de R$ 5.000: lucro de R$ 93,18.

Histórico do Lucro do FGTS

O lucro do FGTS passou a ser distribuído no ano de 2016. Na ocasião, o percentual de distribuição foi de 50%, igualmente ao repasse do ano seguinte, 2017. Em 2018, foi a primeira e única vez que a distribuição foi integral.

Já em 2019, o Conselho Curado do FGTS passou a definir o percentual de distribuição, tendo um índice definido na época em 66,2%. Para este ano, o repasse será de 96%, sendo ele um total de R$ 8,46 bilhões.

Saque do Lucro do FGTS

A medida não altera as regras de liberação do FGTS. Desta forma, o resgate do lucro só ocorre mediante a demissão sem justa causa, aposentadoria ou compra de imóveis, por exemplo. Neste sentido, enquanto não é liberado, a quantia é utilizada como patrimônio líquido do FGTS para concessão de empréstimos.

Rendimento do FGTS

Anualmente o FGTS tem um rendimento de no mínimo 3% + a Taxa Referencial (TR), que está zerada atualmente. Além disso, todo dia 10 do mês, as contas passam por uma correção monetária. Este ano, com a distribuição de 96% do lucro, o rendimento será de 4,92%.

Neste caso, o percentual ultrapassa a inflação do ano passado medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em 4,52%. O rendimento do Fundo de Garantia também ficará superior a poupança, que rendeu 2,11% em 2020.

Veja também: FGTS 2021: Saque-aniversário impede o saque integral? Confira

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.