Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como lidar com a frustração de uma demissão?

Seja pelo impacto financeiro ou emocional, lidar com a frustração de uma demissão pode ser bem difícil. Ninguém está preparado para “perder” algo na vida, e no trabalho também não. No entanto, existem algumas alternativas que podem nos ajudar a atravessar esse tempo difícil de uma forma mais leve. Quer saber como? Veja o conteúdo abaixo.

Como lidar com a frustração de uma demissão?

Lidar com a frustração de uma demissão não é simples, prático e rápido. Na realidade, não existe um tempo certo para lidar com isso. Afinal, cada pessoa vive o seu luto de uma forma diferente. E, sim, a perda do emprego também pode ser vista como um luto.

Isso porque o luto não está associado apenas à morte ou à perda de um ente querido/animal de estimação. Mas sim, ela se associa com as pequenas e grandes perdas que temos no dia a dia, no cotidiano.

Por isso, não existe um tempo “cravado” de superação. Saiba ouvir o que o seu coração está sentindo e dê um tempo para si mesmo lidar com a situação. Dessa forma, pouco a pouco os sentimentos e as emoções vão se estabilizando.

De qualquer maneira, algumas atitudes podem ajudar durante a travessia desse luto. São elas:

1- Converse com alguém de confiança e fale sobre a sua frustração

As palavras têm um poder muito forte sobre nós. Não é à toa que mencionamos que a psicoterapia, por exemplo, pode ser vista como “a cura pela palavra”.

Falar sobre os sentimentos pode lhe ajudar a esvaziar as suas angústias e a reorganizar as ideias. Além de que, quando ouvimos em voz alta o que estamos sentindo, temos uma visão mais coerente do que está acontecendo.

2- Evite qualquer tipo de pensamento comparativo

Lidar com a frustração de uma demissão está associado com o equilíbrio mental de não se deixar levar pelas comparações. Afinal, muitas vezes você pode se perguntar “por que a outra pessoa não foi demitida, e você sim”. Cuidado com isso!

Lembre-se que a demissão nem sempre está associada a um funcionário ruim. Às vezes ela está relacionada com questões financeiras, reorganização de fluxo de trabalho, etc. Não fique se comparando!

3- Estabeleça novas atividades para a sua rotina

Ficar em casa o dia todo, nos primeiros dias, pode parecer algo terrível para qualquer pessoa que não está acostumada, especialmente na circunstância da demissão. Sendo assim, procure encontrar atividades que gerem bem-estar e prazer ao longo do dia. Vale assistir uma série, iniciar um curso gratuito, ler um livro, praticar atividades físicas, enfim… Ocupe-se!

4- Não tenha vergonha de ter sido demitido e assuma o momento

Lidar com a frustração de uma demissão pode ser ainda mais difícil se você tiver dificuldades de assumir o momento. Lembre-se, novamente, que a demissão não é sinônimo de funcionário ruim. Ela pode apenas representar uma reorganização na empresa.

Com isso em mente, assuma o que aconteceu e não se sinta obrigado a esconder isso das pessoas próximas. Afinal, quanto mais você apenas esconder e guardar essa dor, maior será a sua angústia. Liberte-se desse paradigma de que a demissão é algo terrível, e viva o seu momento da forma mais leve possível.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.